Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Jornal Agora

Calor Lupi afirma que respeita, mas não concorda com voto de Cid Gomes a favor da privatização da água

Calor Lupi afirma que respeita, mas não concorda com voto de Cid Gomes a favor da privatização da água
|
Compartilhe

Na edição do quadro Jogo do Poder do Jornal Agora desta quinta-feira (25/06), os jornalistas Amadeu Campos, Arimatea Carvalho, Ananias Ribeiro e Sávia Barreto entrevistaram, por meio de uma videoconferência, o presidente nacional do Partido Democrático Trabalhista - PDT, Carlos Roberto Lupi. Na ocasião foi abordado sobre a votação contraria ao partido, do senador Cid Gomes a favor da privatização da água. 

Na quarta-feira (24),o senador Cid Gomes, irmão de Ciro Gomes, chegou aos assuntos mais comentados do Twitter, após votar a favor do projeto de lei nº 4162 do novo marco regulatório do saneamento básico. 

"Nós temos uma visão muito clara, o partido como um todo, a sua direção e somos contra a privatização do sistema energético brasileiro como estão fazendo. Nós temos um costume errado no Brasil, que é privatizar aquilo que já está feito e isso é um grande vicio, o vício de pegar aquilo que hoje é a mais valiosa e precioso bem da sociedade, que é a água e a energia e o Brasil é alto suficiente nesta área, o Brasil tem sol todos os meses do ano, energia solar é o negócio que mais cresce no mundo, o Brasil tem energia eólica, energia do vento, o Brasil tem 20% da água potável do mundo, o Brasil tem através dessa energia gerada pelas grandes represas e depois de ter toda a construção desse processo quer privatizar o filé Mion, quer privatizar a parte que já está pronta, não a parte mais difícil que é a distribuição da água, nós temos potencias enormes de geração, o grande problema do Brasil é a rede de distribuição da água e esgoto. [...] A água, o sol, a energia, não pode ser um bem privado, esse é um bem da sociedade." afirmou Carlos Lup.

Na entrevista o presidente do PDT afirmou que respeita a opinião do senador, mas acredita que isso o prejudicará. "É contra a orientação do partido, os nossos dois outros senadores votaram contra essa privatização, é a opinião dele, nós respeitamos, mas descordamos profundamente desse voto. Além de ser um senador da república de alto grau de respeitabilidade, um homem que tem uma liderança muito forte, principalmente aqui no Ceará, mostra que não teve uma coesão partidária, não é bom, mas infelizmente aconteceu, vamos olhar para frente."


Sobre as eleições de 2022, Carlos Lupi declarou que crê que Ciro Gomes seja candidato a presidência da república na próxima eleição. 

"Estamos construindo a algum tempo um processo alternativo para o Brasil, quando o Ciro Gomes foi candidato a presidente, foi em cima de uma projeto, é uma linha de pensamento que o trabalhismo tem, defender educação de qualidade em tempo integral, defender ciência e tecnologia, defender que o Brasil desenvolva sua capacitação para discutir, debater e disputar o mercado mundial da tecnologia de ponta. Poucas pessoas tem essa consciência, mas um chip que eu coloco em um celular é mais caro que um arroba de boi, o Brasil é o maior exportador do mundo de todas as proteínas animais, o Brasil tem 20% de água potável do mundo, o Brasil é alto suficiente em petróleo, tem a maior produção de soja do mundo e ele vende todos os produtos que são importantes, que são alimentos, que é estratégico, mas não tem valor agregado. Agora na pandemia estamos importando, máquinas de oxigênio, insumos básicos para os hospitais, equipamentos, vacinas, medicamentos. Então esse projeto nacional que o Ciro já defendeu na eleição passada pensa exatamente em fazer o Brasil se desenvolver na alta tecnologia, para discutir o mercado do mundo. Já discutimos isso na eleição passada, Ciro Gomes teve 13% dos votos nacionais, ele foi o primeiro colocado no Ceará e o segundo em todo o nordeste, então nós temos muito essa crença de poder desenvolver em 2022 a candidatura dele." disse o presidente do PDT.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar