Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Com imposto do lixo, PMT espera arrecadar R$ 78 milhões por ano

Compartilhe

Dos 300 mil imóveis registrados em Teresina, 110 mil estão incluídos no pagamento da taxa do lixo, no tributo que passou a ser cobrado na capital piauiense neste ano. As regras do imposto foram definidas pela Prefeitura Municipal de Teresina e levam em consideração a densidade do lixo e a área dos imóveis. 

Por cada tonelada de lixo será cobrado o valor de R$ 198, que poderá ser parcelada ou paga em taxa única, com desconto. Os imóveis com valor venal de até R$ 45 mil estão isentos do novo imposto. 

Os imóveis com valor venal de até R$ 45 mil estão isentos (Crédito: Reprodução)
Os imóveis com valor venal de até R$ 45 mil estão isentos (Crédito: Reprodução)

Os boletos já começaram a ser entregues e com a nova taxa a prefeitura espera arrecadar R$ 78 milhões por ano, que serão utilizados na melhoria da coleta e tratamento do lixo na capital. Apesar da justificativa da PMT, a população reclama por ter mais um imposto a pagar. 

“Eu acho errado, porque na condição que a gente está vivendo, nessa crise, a gente não tem dinheiro nem está comendo, imagine pagar coleta de lixo”, reclama uma moradora da capital. 

Outro morador afirmar que o imposto vai registrar muita inadimplência. "A gente já paga IPTU e ainda vem essa taxa. Tem muita gente que vai ficar sem pagar”, disse. 


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar