Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Detento morto com 70 perfurações na Casa de Custódia foi alvo de acerto de contas

Compartilhe

O detento Mizael Oliveira da Silva, de 23 anos encontrado morto, na tarde de quinta-feira (09), na Casa de Custódia de Teresina estava a menos de um mês no sistema prisional.

Há informações de que Mizael aguardava julgamento pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

Ele foi encontrado morto com cerca de 70 perfurações na cela 11 do Pavilhão da Casa de Custódia.


Segundo Wellington, diretor de presídios de Teresina, o caso observado no sistema prisional é sério, porém tem solução. No caso específico de Mizael, policiais obtiveram informações que indicaram a motivação do homicídio.

“Temos conhecimento de que a morte de Mizael se trata de um acerto de contas sobre um fato que havia ocorrido fora da delegacia, quando o preso ainda era menor de idade. Sabemos que a custódia é responsabilidade nossa, mas não podemos receber por receber e colocar os presidiários em risco”, finalizou Wellington.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar