Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Jornal Agora

Evaldo Gomes sobre 2º turno:"Estamos pedindo voto para o Bolsonaro"

Compartilhe
Google Whatsapp

O presidente regional do PTC, e deputado estadual reeleito, Evaldo Gomes, em entrevista ao Jogo do Poder do Agora da Rede Meio Norte nesta quarta-feira (17), falou sobre a situação no partido, que não ultrapassou a chamada cláusula de barreiras e, portanto, sofrer restrições nas próximas eleições, podendo, inclusive, deixar de existir. Ele também falou sobre o apoio para Jair Bolsonaro, candidato do PSL à  Presidência da República. 

De acordo com o deputado, há uma conversação adiantada com a direção do Patriota para uma provável fusão entre os dois partidos. 

“Qualquer parlamentar que se elegeu por um partido que não alcançou as cláusulas de barreira, sairá do partido, até mesmo pelo fato de esse partido deixar de existir. Não ter tempo de televisão. Só para se ter uma ideia, o parlamentar federal que se eleger por um partido que não passou a cláusula de barreira, ele só terá direito, por exemplo, a um salário de deputado federal, então um deputado federal que se elege, em uma eleição tão difícil, tão concorrida, não vai ficar em nenhum partido que não tenha força política para que se possa dar suporte ao seu mandato", afirmou. 

Evaldo Gomes (Crédito: Rede Meio Norte)
Evaldo Gomes (Crédito: Rede Meio Norte)

Evaldo Gomes ressalta que a fusão beneficiará ambos os partidos, já que, segundo ele, juntos PTC e Patriota somam 2 milhões de votos.

"Então o PTC é hoje o partido que discute a nível nacional com o Patriota, uma conversa bem adiantada, com as duas direções so dois partidos, existe uma possibilidade muito grande de fazer uma fusão entre os dois partidos. Algumas questões já foram adiantadas, como, por exemplo, com a possibilidade de o partido continuar com o nome Patriotas, que fez 470 mil votos e o PCT fez pouco mais de 600 mil, e fez dois deputados federais. Então caso venha a concretizar esse casamento, nós teremos aí um partido com sete deputados federais, e pouco mais de dois milhões de votos, ou seja, o nosso grupo aqui no Piauí, que tem um relacionamento muito próximo da direção nacional, com certeza permanecerá no PTC fundido aí com o Patriota”, afirmou. 


Segundo ele, haverá uma reunião na próxima semana com a direção dos dois partidos e com a presença de Marcos Vinicius, que foi candidato ao Senado Federal, e Dra. Marina, eleita deputada federal. Ele adianta ainda que no Piauí o PTC continuará no comando do novo partido. 

Evaldo Gomes (Crédito: Rede Meio Norte)
Evaldo Gomes (Crédito: Rede Meio Norte)

“Já tem um consenso aqui na direção do PTC e principalmente na direção dos dois partidos em nível nacional, que nós iremos continuar no comando do partido aqui no Piauí. A gente tem uma posição da direção nacional do PTC, que nós indicaremos um nome para fazer composição dentre os 12 nomes que serão feito a composição de PTC e Patriota, que nós estamos sugerindo e propondo a direção nacional o nome do Dr. Marcos Vinicius, que disputou o Senado aqui pelo PTC do Piauí, e vamos lógico e naturalmente ainda temos uma reunião com a direção nacional na próxima semana, onde eu, o Dr. Marcos Vinicius e a Dra. Marina vamos estar lá para conversar com duas duas direções dos dois partidos. Mas você sabe, a política é dinâmica, como nuvem: as coisas de uma hora estão de um jeito, amanhã podem estar de outro. Se concretizar, se corresponder o que está sendo acertado pelas duas direções nacionais, será fundido os dois partidos e a convenção será no mês de novembro”,  acredita. 

Evaldo Gomes informou que teve um encontro com Fábio Sérvio, derrotado nas eleições para o Governo do Piauí, e que nesta ocasião os dois trataram sobre as eleições presidenciais. Segundo ele, o PCT, seguindo uma recomendação da direção nacional, já está “pedindo voto” para Jair Bolsonaro

“Olha, não tenho nenhum conhecimento sobre quem vai assumir ou deixar de assumir a sigla do PSL, até mesmo porque nós pertencemos ao PTC. Mais hoje pela manhã eu estive conservando com o Fábio Sérvio e pelo que ele me disse ele vai continuar no comando do partido. Nós vamos, já estamos pedindo voto para o Bolsonaro, porque é uma posição a nível nacional, a grande maioria do PTC. Lógico e naturalmente que não é uma posição fechada da nacional, temos alguns estados que não toparam, mas acataram a decisão da maioria e até mesmo essa proximidade com o Patriota faz com que o próprio PTC possa estar no palanque do presidenciável Bolsonaro. Aqui no Piauí a Dra Marina já declarou apoio ao Bolsonaro, nós já declaramos apoio e a toda nossa militância em apoio a candidatura do Bolsonaro”, disse. 




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar