Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Fábio Abreu, novo secretário de segurança, acredita que apoio social é necessário para coibir criminalidade

Compartilhe

Eleito Deputado Federal e indicado Secretário Estadual de Segurança do Piauí, Fábio Abreu, esteve no Programa Agora e expôs sua preocupação diante da grande responsabilidade como novo secretário de segurança.

Segundo ele, há muito a ser feito pelo Estado, onde a criminalidade é um dos problemas que mais assustam a sociedade e por conta disso, o trabalho será árduo.

“Eu não tenho dúvida da dificuldade que vamos enfrentar mas também não tenho dúvida dos esforços que serão feito em relação a isso, partindo do próprio governador, Wellington Dias, que garante dar prioridade a questão da segurança no Piauí, também os policiais que estarão comprometidos com a segurança pública. Com esse apoio o resultado virá”, disse.

Fábio Abreu afirmou que inicialmente serão realizadas medidas de choque para, a partir daí dar início à definição de métodos e estratégias.

“Na verdade não temos no Piauí um plano de segurança pública estadual, o que pretendemos é criar esse plano, para estabelecer metas e detectar os principais problemas, embora saibamos que o principal problema é o grande índice de homicídios na capital e entorpecentes. Estaremos fazendo esse plano de forma científica, com apoio de estudiosos e teremos alguns Estados como modelo, ver como funciona e adaptar para nossa realidade.

Todo o trabalho de Fábio Abreu a frente da secretaria de segurança do estado enfrentará o grande problema da falta de efetivo nas polícias civil e militar.

“Como solução propomos a solicitação de apoio da força nacional, já está sendo feito esse pedido. Pretendemos contar com esse reforço, mas também temos como meta a reposição do efetivo, temos a facilidade com o andamento de cursos nas polícias civil e militar. Então teremos aí mais 700 alunos aprovados para serem efetivados. Assim, como temos um deficit muito grande no nosso efetivo e muitos policiais sendo aposentados estaremos repondo isso anualmente, durante esses quatro anos”, pontuou.

Sobre a questão do efetivo, Fábio Abreu afirma que não é possível convocar reservistas para colaborar com a segurança pública do Estado.

“A questão do soldado do exército é delicada. Eles não podem ir para as ruas, mas há a alternativa de aposentadoria de policias que ainda tem condição de trabalhar. Mesmo aposentados, podem retornar para permanecer em administrativo e policiais mais jovens estarem nas ruas”, declarou Fábio Abreu.

O secretário afirmou que há uma ideia de que haja um agrupamento das mais diversas unidades de policiamento.

“isso é inevitável, pois quanto mais unidas forem as forças de seguranças, melhor para a população. A integração das áreas será uma alternativa de melhoria, com objetivo das polícias marcharem para um objetivo só, unidas, pois uma depende da outra”, declarou.

Fábio Abreu citou o nome do delegado Riedel Batista como novo Delgado Geral da Polícia Civil. Sobre investimentos na segurança pública, ele acredita que apoio social será de extrema importância para coibir ações delituosas no Estado.

“Foi feito um levantamento e observado que os investimentos na segurança pública diminuíram muito, mas como há um interesse do novo governo de dar prioridade em educação, saúde e segurança, estamos cientes de que haverá bastante apoio, principalmente na parte social”, declarou.

Para fomentar o preceito social na segurança pública, Fábio Abreu tem procurado parcerias com faculdades, entidades e polícia comunitária.



Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar