Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Família de turco que faleceu no Piauí acusam esposa de ser responsável e ela se defende

Compartilhe

Carmem Lúcia Alves da Silva tem 61 anos e foi casada com o turco Marrie Darqui de 41 anos de idade, durante um ano e meio.

No último dia 08 de março uma fatalidade separou o casal, eles estavam no sítio de Carmem no povoado Riachão, quando Marrie manuseou de forma incorreta uma armadilha feita pelo caseiro do sítio para matar animais que estavam estragando a plantação.

“O rapaz trouxe o aparelho e colocou num lugar reservado, meu marido encontrou e eu pedi para ele não pegar. A intenção era matar os bichos, o aparelho disparou e atingiu a perna dele”, disse Carmem Lúcia.

Ela levou o esposo até o hospital de Davi Caldas para receber atendimento médico, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Foi então que Carmem Lúcia passou a ter sérios problemas com a família do turco. Segundo ela, os familiares que estão na Alemanha acusam Carmem de ter matado Marrie.

“Estão me acusando que eu matei ele, e que ele tem muitos bens. Mas isso não é verdade. eu quero esclarecer isso e que a família dele aguarde o laudo médico que vai dizer porque ele morreu”, disse Carmem.

O corpo do turco está no IML (Instituto Médico Legal), de Teresina aguardando o contato da família.

Dorinha Nascimento, uma amiga da família também afirmou que a morte do turco se deu por um acidente.





Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar