Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Firmino Filho disse que conversará com Robert Rios sobre apoio

Compartilhe

Na edição do quadro Jogo do Poder, do programa Agora, desta quarta-feira (27/03), composto pelos jornalistas Amadeu Campos, Efrém Ribeiro,  Arimatea Carvalho e a jornalista convidada Germana Chaves. Os profissionais explanaram os principais pontos dos bastidores da política local e nacional.       

O prefeito Firmino Filho concedeu entrevista à jornalista Germana Chaves e falou sobre aliança com o Solidariedade. "Ontem eu tive audiência com a deputada Marina, em Brasília, fomos muito bem recebidos, ela se colocou à disposição para defender os interesses da Prefeitura de Teresina, em Brasília, junto aos ministérios, convênios e contratos de repasse da Prefeitura. Tenho conversado com Evaldo Gomes também. Temos o apoio, na Câmara de Vereadores, de dois vereadores que são o Gustavo Gaioso e o Dourado. Não estamos colocando em questão as secretarias, estamos trabalhando em reatar estes laços, que são importantes para dá sequência à parceria política", pontuou.

Sobre um possível apoio do ex-deputado Robert Rios, o prefeito disse que eles ainda não conversaram. "Eu ainda não conversei com Robert Rios e vamos conversar, com toda certeza, e não tenho a menor dúvida que o interesse dele é ajudar a administração de Teresina", afirmou.

Germana: Eu tenho conversado inclusive com o próprio Robert Rios e ele foi claro ao dizer que se o prefeito estiver aliado com o senador Ciro Nogueira ele não sobe no mesmo palaque. E ele não dá sinal de retroceder nisso. O que ele diz é que está à disposição do DEM e das alianças da oposição.

Efrem Ribeiro: Eu recebi a informação de que o candidato à Prefeitura de Teresina será Silvio Mendes e Charles da Silveira será o vice.

O prefeito Firmino Filho evitou citar nomes que podem disputar a Prefeitura de Teresina, em 2020. "Eu acho que esse ano deve ser o ano para discutir os problemas da cidade, essa questão eleitoral sobre que partido vai fazer coligação, quem será candidato a prefeito deve ser deixado para depois, nós temos política demais e trabalho de menos, então é importante explorar estes anos ímpares que não tem eleição para falar de coisas que tem a ver com a realidade do povo e deixar de lado estas futricas eleitorais", finalizou Firmino.a


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar