Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Governador não consegue reaproximação com João Vicente Claudino

Compartilhe

Nesta quarta-feira (15), no quadro Jogo do Poder, os analistas políticos analisaram o encontro do governador Wellington Dias com o ex-senador João Vicente Claudino, que aconteceu ontem (14), no estado do Pernambuco onde o empresário João Claudino recebeu o título de cidadania pernambucana ao empresário. Segundo apurado pelos jornalistas do quadro, a tentativa de reaproximação do governador com João Vicente Claudino não foi bem sucedida. 

Na manhã de hoje o governador afirmou que a participação na homenagem ao pai do ex-senador não foi um ato político. Segundo o governador, o empresário tem uma atuação destacada no Brasil e merece a homenagem que recebeu. 

“Participei de solenidade no Pernambuco em homenagem a uma pessoa que é muito destacada em todo o Brasil. Uma pessoa que contribui para a geração de cerca de 40 mil empregos com seus empreendimentos, que é o seu João Claudino e ali foi mais um momento familiar. O João Vicente, independente de questões políticas, nós temos uma relação pessoal, tenho gratidão, amizade. Mas, neste encontro, foi exclusivamente por uma relação de respeito que eu tenho ao povo pernambucano que fez essa homenagem ao sr. João Claudino”, afirmou o governador. 

Jogo do Poder (Crédito: Reprodução)
Jogo do Poder (Crédito: Reprodução)

De acordo com a jornalista Samantha Cavalca, o governador Wellington Dias tentou aproveitar o encontro para buscar uma aproximação política com João Vicente Claudino, mas, não foi correspondido. Segundo a jornalista apurou, JVC evitou falar sobre a composição de 2018 com o governador. No entanto, ainda segundo fontes consultadas pela repórter, o empresário João Claudino foi quem não permitiu que Wellington Dias falasse sobre o tema com seu filho, blindando o ex-senador. 

Questionado pelo repórter Efrém Ribeiro sobre a a possibilidade de o ex-senador João Vicente Claudino ser o nome da oposição nas eleições de 2018, o governador Wellington Dias que a decisão de João Vicente é natural, mas, destacou que só irá tratar sobre o assunto em 2018. “Eu acho isso natural, cada um toma a decisão que achar conviniente. Da minha parte só gratidão, por tudo que vencemos juntos. No momento adequado nós vamos tratar sobre eleições”, disse o governador.  

PP não abre mão da vaga de vice-governador

A vice-governadora Margarete Coelho (PP), afirmou à jornalista Samantha Calvaca que o Partido Progressista não irá abrir mão da vaga de vice-governador na chapa encabeçada pelo governador Wellington Dias em 2018. 

“O que o nosso presidente, o senador Ciro Nogueira, tem dito é que o partido contribuiu e muito com o governo Wellington Dias. Nós formamos a chapa majoritária, apoiamos o governo, todos reconhecem que o Partido Progressista é um companheiro de primeira hora e tem sido um companheiro muito assíduo e presente durante todo o governo. Então, o que o senador tem dito é que o PP vai reivindicar a vaga de vice-governador. É um espaço que nós conquistamos com trabalho, com ações. O PP faz questão de manter os espaços que conquistamos na chapa. Eu não tenho nem o direito de abrir mão deste espaço, que foi conquistado não por mim, é um espaço que foi conquistado pelas mulheres e eu não posso abrir mão de uma luta secular pela participação das mulheres na política”, disse.