Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Menina de 8 anos de idade pode ter sido abusada sexualmente por vizinho

Compartilhe

Menina de 8 anos de idade pode ter sido abusada por vizinho

No último sábado, uma criança de 8 anos de idade foi abusada sexualmente por um vizinho da família em Teresina.

Image title

Segundo informações, ao ser levada para realização de exame, a Maternidade Dona Evangelina Rosa, não pode receber a criança por conta de uma reforma. Isso fez com que o inquérito policial tivesse atraso. O acusado de cometer o estupro continua solto e a família da vítima se sente ameaçada pelos filhos dele. 

O caso está sendo investigado na DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente). Até o presente momento a delegada Ana Kátia colheu o depoimento da garota e de seus familiares. Para decretar a prisão do acusado é preciso ter resultados der exames periciais.

No momento em que foi abusada a menina brincava com uma colega na Rua Sapucaia, no bairro Poti Velho, a poucos metros da residência de sua família. O acusado identificado como Robert, não concedeu entrevista ao Programa Agora.

A família da menina comentou o caso e afirmam ter medo da reação do acusado. “Ela contou que ele levantou o vestido dela e pegou nas partes íntimas dela. Do mesmo jeito que ela contou aqui, ela contou na delegacia. Ela estava apavorada, muito chocada. No domingo não tinha delegado na DPCA e por isso só conseguimos registrar depois”, disse a Tia.

“Eu fui na maternidade fazer o exame, mas está em reforma. Pediram para ir na sexta-feira. Todos nós estamos com medo, porque a família dele pode fazer alguma coisa com a nossa família”, disse a mãe da vítima.

O delegado Getan Pinheiro lamenta o exame ainda não ter sido realizado.

Image title


“Eu acho que esse exame já deveria ter sido feito, uma outra alternativa, numa situação grave. O inquérito policial já está aberto e a delegacia aguarda o aludo. A pena para estupro de vulnerável é de no mínimo 8 anos”, disse o delegado Getan Pinheiro.

A maternidade Dona Evangelina Rosa não quis se pronunciar sobre o caso.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar