Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Ministério Público requisita reconstituição do crime que vitimou o comerciante Hélio Cortez

Compartilhe

O comerciante Hélio Cortez foi assassinado no dia 09 de novembro deste ano quando tentava sair de um estabelecimento comercial no Bairro Mafrense, zona norte de Teresina.

O assassino confesso Alexandre dos Santos, conhecido como Pitchiaca foi preso em uma cidade do Maranhão quando tentava fugir da polícia. Ele está detido na Casa de Custódia de Teresina, onde aguarda julgamento.

O Ministério Público requisitou a reconstituição do homicídio para esclarecer dúvidas que podem ser questionadas por autoridades policias e do judiciário.

Na avaliação do Delegado Bareta, responsável pelo caso, a reconstituição é mais uma etapa para que seja elaborado um processo mais seguro para condenar o assassino por motivo fútil, definido como homicídio qualificado. Se condenado, deverá pagar de 12 a 15anos de reclusão.

“A constituição no inquérito irá aumentar a acusação de homicídio qualificado. Manoel, que estava com Hélio Cortez e a esposa de Alexandre também foram indiciados. A perícia aponta que Hélio já estava ferido no carro e teria pedido para Alexandre não o agredir”, declarou Barêta.




Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar