Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Jornal Agora

Padre Walmir conta o que motivou o rompimento com Araujinho

Padre Walmir conta o que motivou o rompimento com Araujinho
Padre Walmir Lima | Divulgação
Compartilhe

Em entrevista ao Jornal Agora, nesta segunda-feira (10/08), o prefeito de Picos, Padre Walmir Lima contou o que motivou o rompimento com o pré-candidato Araujinho (PT) e quais serãos os próximos passos para as eleições municipais deste ano. 

Segundo o prefeito, a decisão do rompimento foi tomada após uma série de suas indicações para vice serem rejeitadas por Araujinho e declarou que via fogo amigo dentro do grupo. 

Padre Walmir Lima - Foto: Reprodução/TV Meio Norte

"Nós não tivemos muitos diálogos no início, veio de uma decisão de cima para baixo, admiro a pessoa do Araujinho.  É óbvio que todo prefeito estando na prefeitura deve participar da sucessão da composição do diálogo e a gente se sentiu de certo modo de escanteio. No início começou vindo de Teresina para cá, ele se filiou em Teresina, nem foi em Picos. Nós apresentamos uma pré-candidata aqui em Picos, a Maria Santana e ficamos em um combinado que quem melhor se destacasse nas pesquisas seria o candidato e um apoiaria o outro e a gente indicaria o vice, assim fizemos, conversamos esse diálogo com o governador, e ele conversava mais com o saudoso, o presidente do partido, o Assis Carvalho, que faleceu lamentavelmente, e ficamos nesse diálogo que nós mudaríamos o vice, aí vieram as filiações, e nós indicamos o nome da Maria Santana como vice, mas ficou naquele chove não molha, que não aceitariam ela, era e não era, não ficou definido e Maria Santana se sentindo sufocada e provocada, achou por bem desistir e disse que não seria mais pré-candidata a vice porque estava sofrendo com isso, a gente via o fogo amigo e as provocações dentro do grupo." contou Padre Walmir. 

Após a saída de Maria Santana, o prefeito indicou Fátima de Sá, mas ela também foi rejeitada.

 "Depois indicamos o nome da Fátima Sá, que veio do PC do B justamente para ser a candidata a vice e depois o próprio grupo começou a trabalhar em outro nome, o Guttemberg, uma pessoas muito querida nossa, mas que não era o nosso candidato, não era indicado por mim, é uma excelente pessoa, mas foi trabalhado pelo MDB, aí a Fátima sendo prejudicada desiste, aí eu indiquei o Iata Rodrigues que também é do MDB, mas não aceitaram, indiquei a Cleusa que é uma pessoa do MDB, mas não aceitaram. Então nesse chamego todo eu me senti prejudicado, então sendo assim não tem como caminharmos juntos e  Araujinho segue o destino dele e eu fico neutro e vou fazer a nossa equipe aqui, estamos com o PC do B e estamos reforçando de início e iremos trabalhar não mais a majoritária, mas a candidatura proporcional dos vereadores, fazendo a nossa bancada, deixando o nosso pessoal livre e não votando no Araujinho." declarou o prefeito.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar