Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Policial que matou camelô piauiense é solto e gera revolta nos familiares

Compartilhe

O policial militar Henrique Dias Bueno de Araújo, acusado de matar o camelô piauiense de Simplício Mendes, Carlos Augusto Muniz Braga, com um tiro na cabeça em São Paulo foi solto na segunda-feira (23), após a decisão da juíza Eliana Cassales Tosi de Melo, da 5.ª Vara do Júri do Foro Central Criminal da capital paulista.

Os argumentos alegados pela juíza para soltura do policial é que ele estava durante exercício do trabalho e que teve seu braço puxado pela vítima e apenas reagiu a um possível ataque.

Mesmo após a soltura o policial ficou impedido de sair da cidade e deverá informar periodicamente suas atividades ao Fórum Criminal de São Paulo.

Com a decisão do Ministério Público Estadual de São Paulo de soltar o PM que foi preso em flagrante, os parentes e familiares de Carlos Augusto estão revoltados e pedem justiça.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

 


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar