Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Quem Quem diz que reforma política criou uma "desmocracia"

Compartilhe

Francisco da Chagas, o Quem Quem, foi o último a participar, nesta segunda-feira (19), da série de entrevistas do Jornal Agora com os candidatos à Prefeitura de Teresina. 

Assim como os demais da oposição, o candidato do PTN criticou o tempo escasso na televisão e afirmou que, apesar do tempo curto de TV, a população de Teresina tem absorvido bem suas propostas.

"A reforma política contribui para a “desmocracia” quando coloca candidatos com muito mais tempo que outros. Colocar propostas em 13 segundos de televisão é tirar leite de pedra, mas, os cidadãos teresinenses estão absorvendo bem nossas propostas”, disse Quem Quem. 

O candidato, que teve mais de 30 mil votos quando se candidatou pela primeira vez à Prefeitura de Teresina, comentou as últimas pesquisas realizadas na capital, em que aparece com um pequeno percentual de intenção de voto. 

"Não ha uma pesquisa melhor do que a rua, o contato com o eleitor. A última pesquisa apresentou 4 pontos de margem de erro, se tirarmos essa margem eu estou à frente do Amadeu Campos. A real pesquisa é no dia 2 de outubro,eles querem que a população acredite que candidato tal vai ganhar no primeiro turno, porque esta a frente dos demais, mas isso não vai acontecer”, afirmou. 

Quem Quem ainda se defendeu da acusação de que não leva sua campanha a sério, pelo tom bom humorado das abordagens. 

"Eu sou alegre em casa, no trabalho, na rua, está na minha essência. No mundo de hoje quem faz palhaçada são os que estão nos mandados, que não honram os votos. Nossa propaganda é engraçada, mas tem propostas”, disse. 

O candidato ainda explicou o motivo de não ter feito nenhuma aliança nesta eleição e defendeu o fim das coligações. 

"Defendemos que cada partido tenha o seu candidato, assim todos nós teríamos tempos iguais. por isso não fizemos coligação. Nós estamos dando à população a oportunidade de votarem no único candidato que não esta com o rabo preso” afirmou. 


Quem Quem foi o último candidato entrevistado do Agora (Crédito: Efrém Ribeiro)
Quem Quem foi o último candidato entrevistado do Agora (Crédito: Efrém Ribeiro)
Quem Quem foi o último candidato entrevistado do Agora (Crédito: Efrém Ribeiro)