Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Robert Rios diz que Dr Pessoa não será mandado por ninguém

Compartilhe

Francy Teixeira

Candidato a vice na chapa de Dr Pessoa (MDB), o ex-deputado estadual Robert Rios (PSB) concedeu entrevista ao Jogo do Poder no 'Agora' nesta terça-feira, 24 de novembro. Na ocasião, ele respondeu aos questionamentos dos jornalistas Amadeu Campos, Arimateia Carvalho, Ananias Ribeiro e Sávia Barreto, destacando por exemplo, que não será um vice convencional e terá uma missão a cumprir caso seja eleito. 

No que se refere a acusação de fake news e difamação contra a campanha adversária, Robert Rios se defendeu. "Não tem nada disso, não existe, não mexe muito com isso de internet, mas alguém da minha equipe colocou algo de uma pesquisa não registrada, um dado na internet, mas que em 24 horas se acaba, aí o PSDB entrou na Justiça pedindo para apagar e direito de resposta, o juiz mandou apagar e já estava retirado mesmo, e não dá direito de resposta. O debate hoje é mais intenso na mídia de rua, mídia social, mas é uma mídia incontrolável, todas as pessoas tem acesso, a mídia social é fora de contexto, fora de controle", afirmou. 


Questionado sobre o discurso que fez em reunião com a então candidata do PSD à Prefeitura, Simone Pereira, Rios confirmou sua opinião de que 'quem rouba dinheiro da covid, deveria ser enforcado em praça pública'. "A Simone foi candidata, inclusive é tia da minha esposa, eu disse o seguinte: político que rouba dinheiro de covid, que podia salvar vidas, que pega esse dinheiro para contratar empresa de pesquisa, desviada a outras ações, estas pessoas deveriam ser enforcadas em praça pública, disse e confirmo", sinalizou. 

Rios ainda sintetizou que nem ele nem Dr Pessoa serão mandados por ninguém. "Impossível, ninguém nunca vai mandar no Pessoa e mandar no Robert Rios, quem está apoiando apoia porque quer, mas nesse Governo ninguém vai roubar", comentou. 

O candidato a vice ainda reverberou sobre possíveis processos na Justiça. "Fui intimado da decisão da pesquisa, agora caluniar não vou caluniar ninguém, agora chamar de ladrão vou chamar , corrupto de corrupto, eu chamo". 

O ex-deputado estadual também afirmou que não irá atrasar salários no funcionalismo público municipal. "O servidor público municipal do Piauí é muito mal remunerado, os professores recebem muito mal, são muito injustiçados pelos tucanos, se o servidor tem uma chance agora de melhorar sua vida é com o Dr Pessoa que é servidor público, o Robert Rios que foi servidor público, o servidor vai receber em dia e vamos fazer de tudo para melhorar a vida do servidor", disse.  

Robert Rios desconversou sobre qual seria sua missão na Prefeitura. "O que Teresina vai precisar é de um vice, eu não vou ser vice, vice é aquele que não faz nada, eu não tenho esse perfil, o Dr Pessoa vai me dar uma missão e eu vou tomar essa missão. Eu trago uma larga experiência, e eu acho que sei fazer muita coisa e eu vou ter uma missão, e quando ele me der a missão vocês vão começar a entender o que será o Governo do Dr Pessoa", frisou. 

O candidato a vice reverberou que a campanha continua forte nos últimos dias de pleito. "Vamos conversar com o povo, levar as propostas, convencer quem ainda não é Pessoa". 

Ele ainda confirmou a criação de uma Secretaria de Segurança. "Você pode ter duas certezas, que uma o Dr Pessoa vai criar a Secretaria de Segurança, com um departamento de inteligência, e outra certeza é que não serei o secretário". 

Apoio de Wellington Dias

"Nós fomos para uma campanha política, nosso candidato foi o Zé Filho e o Wellington o outro candidato, e eu fui de oposição, e não fiz uma liderança frouxa, covarde, não participo de governo nenhum que não ajudei a construir, e agora quando anunciou todos viram minha resposta, disse que fiquei lisonjeado, mas os projetos políticos não se batem, não combinam, agora o PT se saiu muito bem nessa campanha, apresentou um candidato extraordinário, o Fábio Novo é competente, honesto e o Fábio Novo teve quase 50 mil eleitores e quero pedir que esses eleitores apoiem o Dr Pessoa". 

Amanhã, 25 de novembro, será realizada a entrevista com o candidato a vice da chapa de Kleber Montezuma (PSDB), o ex-vereador R.Silva (Progressistas).


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar