Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Uruçuí: Menores acusados serão transferidos para Teresina

Compartilhe

A Polícia Civil do município de Uruçuí aguarda decisão da Justiça para transferir para Teresina os três adolescentes acusados de estuprar uma adolescente de apenas 16 anos de idade que se encontra grávida e degolar o namorado dela, identificado como Flaviano da Silva Marinho, de 19 anos. Os menores, sendo dois de 16 anos e um de 13, foram apreendidos logo após o crime.

De acordo com informações do delegado Ewerton Férrer, gerente de policiamento do interior, o pedido de transferência já foi enviado à Justiça. “Nós estamos na fase de transferência dos adolescentes para Teresina. O delegado e o Ministério Público, juntamente comigo, nós procuramos o poder judiciário e solicitamos essa internação aqui para capital”, afirmou.

Delegado Ewerton Férrer (Crédito: Rede Meio Norte)
Delegado Ewerton Férrer (Crédito: Rede Meio Norte)

Em depoimento, os menores confessaram o crime. Clique aqui e confira a confissão. Após ser violentada, a jovem assistiu o namorado ser assassinado, inclusive o corpo dele foi jogado no rio Parnaíba. Um dos menores diz que Flaviano tinha uma dívida de drogas com um deles. A moto em que o casal andava e os celulares dedes foram levados pelos adolescentes.

“A gente tem que ter muita cautela até as oitivas de testemunhas para poder saber de pessoas do ciclo pessoal desses menores, analisar o histórico deles, saber se a vítima os conhecia. Então, tudo isso é importante para checar a real motivação do crime”, acrescentou o delegado. 

Flaviano da Silva Marinho ao lado da adolescente de 16 anos (Crédito: Reprodução)
Flaviano da Silva Marinho ao lado da adolescente de 16 anos (Crédito: Reprodução)

Em Teresina, os menores ficarão no Centro Educacional Masculino (CEM), como solicitou a polícia. O CEM, entretanto, é para menores já sentenciados, sendo que a lei determina que o ideal seria que os menores fossem levados para o Centro de Internação Provisório.

O capitão Luciano Teles, diretor das Unidades Socioeducativas, entrou em contato com a Polícia Civil de Uruçuí, onde os adolescentes seguem apreendidos e explica que não há nenhuma ilegalidade.

“Não, não há nenhuma ilegalidade. Trata-se de uma questão de procedimentos, quando já vem com a decisão do juiz da Comarca, e por isso eles são conduzidos aqui para o CDC, de foram que serão feitos os procedimentos, de lá são encaminhados para o Centro de Internação Provisório, com prazo de 45 dias para serem sentenciados. Após a sentença, provavelmente eles vão para o CEM”, informou.

 class=



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar