Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Jornal Agora

Vereadores divergem sobre concessão de título da cidadania a Dilma

Compartilhe

Nesta sexta-feira (15), a presidente afastada Dilma Rousseff vem à Teresina e irá receber o título de cidadania teresinense concedido pela da Câmara Municipal. A solenidade deve acontecer na Praça Pedro II e será a primeira vez que a entrega do título acontecerá fora da Câmara. 

O autor da proposta, que foi aprovada ainda em 2013, foi o vereador Paixão (PT). Para o parlamentar, a entrega do título é uma forma de reconhecer o trabalho da presidente em favor do Piauí.

O vereador Edson Melo (PSDB), no entanto, discorda da concessão do título à presidente afastada. Para ele, o que a presidente fez pelo Piauí não passa de sua obrigação constitucional e, por isso, ela não merece homenagem. 

"Alegam que a presidente transferiu muitos recursos para as obras em Teresina, eu discordo. Até porque ela se fez foi por obrigação, são obrigações constitucionais. O dinheiro não é da Presidência da República, o dinheiro é público, nós não temos nada que estar homenageando quem cumpre a sua obrigação", afirmou o vereador. 

Já o vereador petista rebate a opinião do parlamentar tucano. "O direito de esperneio é de todos. Eu acho que ele naturalmente se sente incomodado porque ele não tem condição de oferecer um título de cidadania a quem nunca ajudou Teresina", afirmou o vereador Paixão. 


Dilma Rousseff  (Crédito: Reprodução)
Dilma Rousseff (Crédito: Reprodução)