Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Banca de Sapateiro

Firmino Filho vai coibir comércio clandestino no Centro; saiba as ações

Firmino Filho vai coibir comércio clandestino no Centro; saiba as ações
Firmino vai coibir comércio clandestino no centro | Divulgação
Compartilhe

Por Francy Teixeira

Com o anúncio de medidas restritivas para a circulação de veículos no Centro de Teresina, o prefeito Firmino Filho (PSDB) concedeu entrevista nesta sexta-feira, 10 de julho, ao programa ‘Banca de Sapateiro’, apresentado por Arimatéa Carvalho, na TV Jornal 20.1. Na ocasião, o líder municipal detalhou que o aumento na fiscalização e o quadrilátero nas vias da região visam coibir o comércio clandestino na região.

“Nesta primeira fase o que estão retornando é construção civil, indústria e de forma fechada as lojas de material de construção; ou seja, o centro não tem indústria, não tem construção civil, nem material de construção, por isso buscamos fortalecer a fiscalização no Centro e coibir essa prática. Infelizmente por conta deste desrespeito tivemos uma postergação, e na próxima semana buscando desincentivar esse comércio clandestino que está se alastrando no centro, vamos estabelecer um quadrilátero onde não será permitida a circulação de veículos, esse quadrilátero será compreendido entre a Avenida Maranhão, Desembargador Freitas, David Caldas e Rua Paissandu; vamos buscar desestimular o excesso  da atividade econômica no centro com esse comércio clandestino. Estão colocando em risco a estratégia, e a saída de Teresina da crise”, disse.

Firmino Filho concede entrevista ao Banca de Sapateiro (Reprodução)

Apesar do apontamento de que Teresina saiu do pico da pandemia, Firmino Filho detalhou a necessidade de manter o isolamento social e o controle da retomada, de forma gradual e segura, para que a capital piauiense não volte para a pior fase.

“Tivemos uma pequena redução na quantidade de pessoas internadas com Síndromes Respiratórias Agudas Graves, e tivemos também pela primeira vez uma pequena redução no número de óbitos, então é uma série de evidências de que nós já passamos da situação de pico, agora essa queda do pico vai depender do nosso esforço, esperamos colher o resultado do isolamento mais rígido, tendo sucesso nessa estratégia, teremos uma queda maior ao longo deste mês de julho. É preciso entender que o processo ainda não findou”, afirmou.

Na entrevista, o prefeito de Teresina ainda destacou que todas as ações são embasadas numa análise técnica e científica, sendo analisados os dados epidemiológicos do município.

“Todas nossas decisões são baseadas em fatos, numa assessoria especializada, ao longo do tempo tudo que a Prefeitura fez foi cada vez mais embasado em evidências, em fatos, que temos à nossa disposição, o momento que vivemos é bastante claro, não poderíamos abrir a economia com a curva em ascensão, seria um genocídio, só poderíamos pensar em abrir quando ela estivesse cedendo, e as evidências que temos é que ela começa a ceder gradualmente, mas como não estamos muito distantes do pico, precisamos ter prudência. Essa estratégia é que precisa ser elaborada, está sendo executada e precisa chamar atenção a todos, se for bem executada sairemos de julho e agosto bem, se não respeitarmos podemos ter uma piora no quadro geral e jogar fora todo o esforço feito até aqui”, constatou.

LEIA MAIS:  THE: Prefeitura isola ruas do Centro para limitar circulação de carros

Por fim, ele sinalizou que as escolhas dos setores que abrem ou não em cada fase da retomada, não tem qualquer influência política.

“Os setores escolhidos não são por pressão política ou interesse pessoal, são definidos com base numa análise técnica. Essa transição se faz necessária para não ter risco do retorno à epidemia passada. É necessário que essa transição seja feita com muito cuidado para não ter decepções, não ter retrocesso”, esclareceu.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar