mais
Bom Dia Meio Norte

Ciclista colide em carro e motorista diz que foi agredido pelo grupo; vídeo

O motorista desceu para socorrer a vítima, mas segundo ele, foi agredido pelos outros adeptos da modalidade que o chamaram de irresponsável.

Na noite de quinta-feira, 06 de janeiro, um ciclista ficou ferido após colidir contra um veículo na Avenida Maranhão, próximo ao bairro Saci, na zona Sul de Teresina.

De acordo com informações do repórter Kilson Dione, a vítima estava acompanhada de cerca de 20 ciclistas que pedalavam na avenida quando o motorista do veículo tentou fazer uma conversão e houve a colisão. O motorista desceu para socorrer a vítima, mas segundo ele, foi agredido pelos outros adeptos da modalidade.

“Eu fui fazer um retorno e as árvores fizeram um ponto cego e não deu para eu ver os ciclistas que estavam vindo logo na curva, eles estavam vindo em alta velocidade porque é bicicleta de corrida, um me viu e afastou e o outro estava de cabeça baixa e não me viu, aí terminou colidindo no carro. Mas dá para ver que não fui irresponsável, estou na minha faixa e de primeira marcha”, declarou o motorista.

Motorista alegou que foi agredido por outros ciclistas que pararam no local - Foto: ReproduçãoMotorista alegou que foi agredido por outros ciclistas que pararam no local - Foto: Reprodução

Segundo ele, imediatamente parou para prestar socorro foi quando chegaram mais ciclistas no local e começaram a agredi-lo. “Eu parei para prestar socorro e já fui sendo agredido por um deles, depois apareceu mais uns 20 vindo da direção do Saci, eu parei para socorrer mas mesmo assim me agrediram, quiseram quebrar meu celular porque eu estava gravando eles quebrando meu carro”, contou.

O motorista contou que estava com a sua esposa no veículo, que é técnica de enfermagem e ela foi fazer os primeiros socorros para o ciclista que se encontrava ferido no chão. “Mas mesmo assim eles não quiseram nem saber, foram logo me jogando no meio fio, me chutando. Mas eu não tive culpa, quando eu vi já foi a pancada na traseira do carro. Uns tentavam impedir as agressões, outros não, uns ficaram gritando, me chamando de irresponsável, dizendo que eu fui fazer o retorno de uma vez, mas eu não fui rápido, fiz o retorno deixando a vaga dos ciclistas do lado, eles que vieram em alta velocidade”, disse. 

Colisão acabou quebrando o vidro traseiro do carro - Foto: ReproduçãoColisão acabou quebrando o vidro traseiro do carro - Foto: Reprodução

Sobre o estado de saúde do ciclista, o motorista afirmou: “Ele foi levado com uma lesão no ombro porque ele realmente bateu e entrou com capacete, quebrando o vidro traseiro do carro, mas isso daqui pra mim não é nada, eu estava preocupado era com ele. Os outros foram dizer que eu sou irresponsável, que eu cheguei brigando com ele, nunca na minha vida”, afirmou.

“Eu peguei o celular para filmar eles quebrando o carro para eu ter como prova e ele veio me agredir, falando todo tempo que a bicicleta dele valia R$ 70 mil, como se não tivesse nem preocupado com a vida do amigo. Ficaram dizendo que eu entrei de uma vez, que fui irresponsável, achavam que eu estava embriagado, se eu tivesse errado eu tinha ido embora, não tinha nem parado”, finalizou.

A Polícia Militar foi acionada para conter a situação.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail