Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

"Devia pedir para filho se entregar", diz Fábio Abreu sobre vídeo

Compartilhe

Na madrugada do último dia 05 de maio, cerca de oito bandidos fortemente armados realizaram um ataque ao Banco do Brasil da cidade de Curimatá, região Sul do Estado. De acordo com o secretário de segurança Fábio Abreu, os bandidos eram a maioria da Bahia. Durante o confronto, um assaltante foi morto e dois ficaram feridos.

Após uma semana de intensos conflitos entre as polícias da Bahia e Piauí, cinco assaltantes já foram mortos e três suspeitos continuam foragidos. Os acusados se encontram escondidos na mata na zona rural de Morro Cabeça no Tempo, região Sul do Piauí.

Um vídeo está sendo compartilhado nas redes sociais onde mostra uma mulher identificada como Aldenora em estado de desespero pedindo para que a polícia não mate o seu filho que está foragido. Equipes da Polícia Civil, Militar e Gtap continuam em diligências na tentativa de prender os acusados que são considerados de alta periculosidade.

O último confronto registrado foi na manhã desta sexta-feira (13), onde o líder da quadrilha identificado como Denilton Araquan, foi morto durante troca de tiros.

“Polícia de Pernambuco, da Bahia, do Piauí, eu sei que vocês tem filhos, os que não tem irão ter um dia. Pelo coração de pai, eu sou uma mãe aflita, o meu sobrinho já se foi, o marido da minha sobrinha já se foi, outros já se foram, eu sei que o meu filho está cercado por vocês, tragam o meu filho preso que eu não vou querer advogado para tirar ele não, eu quero que ele cumpra a sentença, eu vou ajudar, ele vai pagar pelo que ele fez”, pede ela no vídeo.

Em resposta a gravação, o secretário de segurança do Piauí, Fábio Abreu, afirmou que o pedido da mãe não foi feito de maneira correta: “O pedido dela deveria ser o contrário, ela deveria fazer um vídeo pedindo para que o filho se entregasse a polícia. Nós não estamos na procura desses acusados para matar, nós queremos cumprir com a lei. A lei diz que o indivíduo que comete crime deve pagar perante ao juiz, ao promotor e para que ele chegue até eles é necessário que a polícia faça a sua parte e nós estamos fazendo”, declarou.

Segundo Fábio Abreu, a polícia realizou todas as formas possíveis para evitar um confronto: “O que acontece é que cinco desses indivíduos reagiram de forma muito agressiva a abordagem policial. Os policiais várias vezes deram voz de prisão, determinaram que se entregassem, que saíssem do mato e não obtiveram êxito, mesmo assim usaram gás lacrimogêneo, utilizaram granada no sentido de fazer com que eles desistissem da ideia de reagir, mas não obtiveram êxito novamente. A partir dai começaram a atirar nos policias, utilizamos um drone da polícia, eles atiraram no drone. Então toda essa parte de conhecimento foi feita, mas eles optaram pela questão de dizer que iam morrer, mas iam morrer lutando”, disse.

“Tem policiais que estão há 17 dias na mata e nós estamos remanejando alguns policiais no intuito de prender esses indivíduos. Só vamos terminar essa operação depois que realizar a prisão desses que ainda restam”, afirmou o secretário.

Mãe implora pela vida do filho (Crédito: Reprodução)
Mãe implora pela vida do filho (Crédito: Reprodução)
Fábio Abreu diz que bandidos reagiram a ação policial (Crédito: Reprodução)
Fábio Abreu diz que bandidos reagiram a ação policial (Crédito: Reprodução)



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar