Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

"Dilma está sendo vítima de violência", diz deputado Marcelo Castro

Compartilhe

Na manhã desta segunda-feira (09/05), o programa Bom Dia Meio Norte recebeu em seus estúdios o deputado federal e ex-ministro da saúde, Marcelo Castro (PMDB), que falou sobre a atual situação do país e como enxerga o futuro daqui para frente com o possível afastamento da presidente Dilma Rousseff.

“Nós temos que ter a consciência tranquila de que vivemos em um país que rigorosamente ninguém passa fome , a pessoa tem o mínimo essencial para sobreviver e isso ocorreu no governo do presidente Lula, ninguém pode negar. Foi o primeiro governo nesses 500 anos de existência que verdadeiramente fez ações dirigidas as classes menos favorecidas, as pessoas mais pobres do país e isso é um avanço irreversível, duvido que apareça no futuro do Brasil, um presidente da república que tenha coragem de regredir, retroceder”, declarou o deputado.

Ele destacou ainda que as ações de Lula e de Dilma foram tão importantes que até Michel Temer pretende continuar: “O próprio Michel Temer já declarou várias vezes que o bolsa família é intocável, que ele não vai mexer nos programas sociais, são alcances que nós tivemos e que nós temos a obrigação de preservar isso”, disse.

Sobre a atual situação política do país, Marcelo Castro destacou: “Está havendo uma ação política como se nós fossemos um país parlamentarista, em um parlamentarismo as coisas acontecem assim, o povo elege os deputados, os parlamentares se reúnem e escolhem um deles para ser o primeiro ministro, por um motivo ou por outro o Congresso não esta satisfeito com o desempenho daquele governo e tira e coloca outro no lugar, se o parlamento não consegue se entender ele convoca eleições gerais novamente, é um regime moderno, atual. Só que nós estamos no presidencialismo, o presidente é eleito pelo povo e como diz a nossa constituição todo poder emana do povo, o Congresso Nacional não tem o poder para desmanchar aquilo que o povo fez, a presidente Dilma está la porque o povo a escolheu. Para haver um impeachment é preciso que exista um crime de responsabilidade, ela é uma pessoa honesta, não descumpriu nenhuma lei, e o que estão fazendo com ela é uma violência”, afirmou ele.

Marcelo Castro (Crédito: Reprodução/TV Meio Norte)
Marcelo Castro (Crédito: Reprodução/TV Meio Norte)