Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Esposa de marinheiro que foi encontrado morto descarta possibilidade de suicídio

Compartilhe

Na madrugada desta segunda-feira (11), o marinheiro Aldenir Santos, sargento da marinha há 20 anos, desapareceu em alto mar durante uma missão na Guiana Francesa, no navio Patrulha Guarujá auxiliando uma embarcação que transportava alimentos para o Haiti.

Na quarta (13), o corpo de Aldenir foi encontrado no mar da Guiana Francesa, mesmo local onde desapareceu. O irmão da vítima, que também é militar do exército segue para o local para realizar os trâmites legais de liberação do corpo. A esposa de Aldenir, Daniela Lima, afirmou em entrevista que ficou em pânico com todo o corrido.

Image title

“Eu recebi a informação através da própria marinha. Primeiro eles me ligaram perguntando pelos familiares, para mim era só os amigos que estavam procurando por ele, para saber notícia, se ele estava vindo para cá para eles se encontrarem porque ele sempre estava aqui em Teresina, eu pensava que era só isso, mas quando chegou a terceira ligação achei estranho e perguntei logo o que estava acontecendo, aí foi onde eu recebi a noticia que ele havia se acidentado. Ninguém sabia ao certo o que teria acontecido, eu fiquei em pânico, naquele momento eu fiquei sem noção de tudo porque eu não tinha acreditado, eu só vim acreditar quando dois agentes da marinha bateram na minha porta e me deram a informação pessoalmente, ai eu não aguentei”, afirmou ela.

Daniela relatou ainda que a hipótese de suicídio é descartada pela família. “Ontem ele foi encontrado, agora por enquanto eu não sei informar onde ele foi localizado. Ele deixa uma filha biológica e um que não é filho dele mas ele era muito apegado a ele. Só falaram que ele tinha caído do navio agora eu não acredito que ele tenha se jogado porque ele não era depressivo, ele era uma pessoa muito alegre, tinha amor ao trabalho dele, tinha orgulho de ser marinheiro, a página dele na rede social pode ver os videos dele são todos dançando, cozinhando, uma coisa que ele gostava de fazer, a gente que conhece muito bem ele temos certeza absoluta que ele não fez isso”, declarou.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar