Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

"Foi uma armação", afirma homem acusado de estuprar duas sobrinhas

Compartilhe

Nesta quarta-feira (18/01), a Secretaria de Segurança, através da Divisão de Capturas, deu cumprimento a mandado de prisão contra um homem identificado como Antônio José do Rego Santos, foragido desde 2009, após sentença proferida pelo juiz da 7ª Vara Criminal. No momento da chegada dos policiais ele estava trabalhando como fiscal de loja no centro de Teresina.

O Coordenador do DICAP, delegado Cadena Júnior, explicou que Antônio José foi condenado a 30 anos de cadeia por estupro de uma sobrinha de 12 anos, mas que era abusada desde os oito anos e atentado violento ao pudor contra a própria filha de apenas quatro anos.

Após a condução do acusado até a delegacia, ele resolveu dar sua versão. “Isso tudo foi uma armação, eu falei para o juiz Dr. Almir na época. Foi feito exame, foi constatado, mas acontece que eu não fiz nada, essas meninas sempre tiveram um relacionamento normal comigo. Eu fui casado com a mãe dela durante seis anos, eu era um pai exemplar, minha esposa ia para a faculdade, para a igreja e eu trabalhava”, declarou.

Segundo ele, a única coisa que fazia era dar presente para as meninas. “Eu tive uma filha e duas sobrinhas foram cuidar delas, e eu dava presente para elas justamente porque elas cuidavam da minha filha. A denúncia deve ter sido da minha esposa, porque do nada resolveram me acusar. Eu já tinha um mandado de prisão mas eu nunca fugi, sempre trabalhei”, afirmou o acusado.

“Há uma semana o delegado Riedel nos designou como diretor da Divisão de Capturas e tornou ela uma divisão da polinter, temos agentes experientes no campo e dia sim, dia não está trazendo um preso. Hoje demos cumprimento ao mandado de prisão, ele falou a sua versão e foi condenado a 30 anos pelo Dr. Almir, isso vai ser uma rotina na Polinter”, disse.



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar