Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Motorista que provocou acidente matando enfermeira vai ser levado a Júri Popular

Compartilhe

O advogado da família da técnica de enfermagem, Milena Amanda Nery da Silva, que morreu aos 24 anos, após um grave acidente na rodovia BR-343, comemorou a decisão da justiça que pode levar o acusado André Luis Borges Martins a Júri Popular, por ter cometido crime doloso, quando assume o risco de matar. 

O caso ocorreu no dia 4 de dezembro de 2016, a técnica de enfermagem morreu após o carro conduzido por André invadir a contramão e colidir frontalmente no automóvel em que a jovem seguia na saída de Teresina. A jovem havia saído de uma festa com seu noivo, Francieldo Pereira,  quando foram surpreendidos com um veículo modelo Fiat Línea, em alta velocidade, que acabou causando o acidente. André Luís Borges estaria sob efeito de álcool no momento em que causou o acidente. 

André Luís Borges

“Trata-se da decisão do recurso da sentença de pronúncia impetrada pela defesa do acusado sobre o acidente. Onde, ele embriagado, invadiu o sentido contrário da BR e colidiu frontalmente com o veículo onde estava Francieldo e a Milena. Ela veio a óbito e todo mundo sabe da comoção que foi o acidente. A defesa do acusado trabalha no sentido de ser culposo, a justiça já tinha entendido que seria homicídio doloso e agora na decisão os magistrados da 2ª turma da Vara Criminal por unanimidade reconheceram que trata-se de um homicídio doloso, então mantiveram a sentença de primeira instância. O processo retorna para a 2ª Vara e nós vamos trabalhar para que a magistrada coloque em pauta e nós possamos fazer o julgamento no Tribunal do Júri”, declarou o Dr. Eudes Alves. 

O advogado declarou ainda que as testemunhas são importantes já que no veículo do próprio acusado tem uma testemunha de acusação. “Com relação ao tempo nós sabemos que tem muitos processos na Justiça mas como é algo que está a três anos nós vamos trabalhar para que ele possa entrar na pauta o mais rapado possível. As testemunhas desse caso principalmente da acusação são as vitimas que estavam no veículo, ele deixou pessoas com lesões corporais graves e inclusive uma dessas pessoas estava no carro dele. Ela é enfática, coloca a responsabilidade nele. Vamos requerer que a justiça seja feita e que a Milena possa descansar em paz” , afirmou.  



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar