Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

"Nós já cedemos o máximo", afirma Franzé Silva sobre negociações com policiais e servidores

Compartilhe

A paralisação dos delegados, peritos e legistas da polícia Civil do estado do Piauí foi suspensa até a próxima sexta-feira (29), quando será convocada uma nova Assembleia onde se discutirá a continuação do movimento ou a adesão à proposta feita pelo Governo do Estado.

Um grupo de policiais militares se instalou na Central de Flagrantes e disseram que só deixam o local somente após serem recebidos pelo governador Wellington Dias. De acordo com o secretário de administração do Estado, Franzé Silva, as negociações estão avançando.

Image title

“Estamos continuando a discutir, eu imagino que as pessoas devem perguntar o motivo mas esse é um assunto que nós estamos dando prioridade na nossa agenda. Queremos estar discutindo com os servidores essa questão do reajuste. Acreditamos que estamos avançando a população tem percebido o esforço do governo em cima desse diálogo que nós queremos resolver. Financeiramente o Estado não tem condições de fornecer 100% dessa parcela agora em maio mas esses diálogos que estão sendo feitos tem feito com que o Estado encontre outras alternativas com algumas melhorias, não vamos levar o Piauí novamente a inadimplência e essa discussão está sendo feita com os delegados, policiais, professores e servidores da Uespi para ter essa constante busca de um entendimento. É bom para o Estado, é bom para os servidores e acima de tudo é bom para a população”, declarou o secretário.

Ainda segundo ele, a sua agenda está totalmente centrada nesse caso para que se busque uma saída. “Não queremos prejudicar o Estado e nem frustar a expectativa que foi criada para os servidores e hoje estão reivindicando. Ainda ontem à noite saímos do Centro Administrativo com uma reunião com o secretário Daniel Oliveira e avançamos bem. Acreditamos que essa forma de estar buscando o entendimento, o diálogo, criando mecanismos de segurança para que o Estado possa cumprir a sua obrigação com os servidores mas acima de tudo cumprir com o seu papel de serviços a toda a sociedade vai sair com um resultado positivo”, disse.

“Sobre os militares nós já cedemos o máximo. É a última parcela, o que foi acertado na lei,  já trouxemos o parcelamento que seria de fevereiro para janeiro e estamos buscando outras alternativas. Estamos revendo a questão do ticket alimentação, questão das folgas, promoções, então são coisas que estamos buscando para sanar essa questão salarial”, finalizou.



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar