Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Polícia lança operação integrada para combater a criminalidade no Piauí

Compartilhe

Na manhã dessa sexta-feira (25/01), uma força-tarefa realizou uma operação integrada por parte das polícias do Piauí e do Maranhão na saída das pontes que ligam os Estados. O objetivo da operação é combater a criminalidade em Teresina e Timon.

De acordo com o coronel Lindomar Castilho, comandante geral da Polícia Militar, as pontes são corredores de criminosos. “As duas polícias, tanto do Piauí como do Maranhão vão estar integradas principalmente nas pontes, sabemos que as pontes são corredores que muitas vezes passam carros roubados, furtados, armas, drogas, o objetivo realmente é integrar as forças para que a gente consiga fazer bloqueios, barreiras, para que a gente possa tirar essa criminalidade das ruas. O coronel Márcio Oliveira vai estar comandando essas tropas do lado de cá e com certeza vai dar resultado para os dois estados”, declarou.

O comandante do 11º batalhão da cidade de Timon, coronel Schneider, afirmou que a operação também tem caráter pedagógico. “Essa uma operação planejada, nós vamos alternar, fazer sucessivamente as abordagens tanto no Piauí como no Maranhão a ideia é justamente de integrar e nós queremos criar o efeito pedagógico, estamos iniciando as prévias do carnaval, tanto Zé Pereira como Corso, a gente sabe que há um aumento muito grande da população e é necessário essa integração e pela primeira vez as forças de segurança se unem, como as polícias militares com objetivo que é fazer prevenção e o que nós vamos fazer no dia de hoje é criar esse sentimento de prevenção para que a população sinta a presença real da polícia. Tanto na Avenida Maranhão, como na Avenida Piauí nós vamos fazer sucessivas operações e abordagens”, disse.



“Após o levantamento estatístico do volume de ocorrências e algumas naturezas típicas como furtos, foragidos do sistema prisional, pessoas portando armas de fogo, as instituições se reuniram, fizeram o planejamento e aqui nós estamos com a determinação do nosso comandante geral que essas operações se tornem rotineiras, que o cidadão dos dois estados tenha uma sensação de continuidade e que ele estará sendo fiscalizado”, finalizou o coronel Márcio Oliveira.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar