Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Polícia realiza blitz e encontra arma de fogo com mototaxista na zona Norte

Compartilhe

Na noite desta terça-feira (12/05), policiais militares do 9º batalhão apreenderam uma arma de fogo revólver calibre 38 em poder de um mototaxista durante uma blitz realizada na ponte do Poti Velho, que dá acesso ao bairro Santa Maria da Codipi, na zona Norte de Teresina.

ABlitz na ponte guarnição afirma que o intuito da ação é fazer abordagens a carros e motos na intenção de tirar armas e drogas de circulação. De acordo com o sargento Silva Neto, a ordem é para que a blitz ocorra em lugares de grande movimentação.

“Com determinação do nosso comandante coronel Vicente Carlos, nós estamos intensificando algumas blitz em pontos básicos onde o número de motoqueiros e pedestres é muito intenso, principalmente na entrada da ponte que dá acesso a Santa Maria. Fizemos uma pequena blitz com abordagens a motoqueiros e nessa abordagem foi encontrado na cintura de um rapaz mototaxista um revolver com cinco munições. Segundo ele, ele já foi abordado por alguns elementos na área e usa a arma para se proteger dos acusados que ja tentaram contra a vida dele. Só que ele não tem documentação e nem permissão para usar e dessa forma vai ter que responder pelo crime”, afirmou.

O mototaxista afirma que reconhece o erro, mas que a arma era essencial para sua proteção. “Eu comprei a arma de um cara, paguei R$ 1.800 reais por ela, estou usando para minha defesa, eu nunca fui preso. Uma vez na porta da minha casa eu cheguei 2 horas da manhã e veio 3 caras em uma moto dizendo que era um assalto, eu tentei tomar a arma deles e não consegui, mas consegui fugir, Há três domingos atrás eu fui deixar uma mulher em uma corrida quando três homens entraram na minha frente e mandaram eu descer da moto, percebi que eles não estavam armados e joguei umas pedras nele, depois dessas tentativas eu decidi comprar uma arma porque eu posso ir para cadeia mas eu ia com todo prazer depois de matar um desses, agora perder o que é da gente para uns caras daqueles não é certo”, disse ele.

Sargento Silva Neto

Arma apreendida

Mototaxista




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar