Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

"Propinagem": Polícia realiza operação para prender técnicos da Sefaz e empresários do Piauí

Compartilhe

Atualizado às 11:58

Polícia prende 10 em operação contra corrupção

Ainda na manhã desta segunda-feira (13/07), o delegado Carlos César do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), concedeu uma entrevista coletiva a imprensa na sede da delegacia geral do Piauí e afirmou que até o momento 10 pessoas foram presas na operação.

De acordo com o delegado, os presos serão autuados por corrupção ativa e passiva, organização criminosa e extorsão por agentes públicos:

Antônio Martins Damasceno Filho - Técnico fiscalização volante;

Francisco José dos Santos Costa - Técnico de fiscalização volante;

Joaquim Vieira Filho - Técnico fiscalização volante;

Charles de Lima Cavalcante - posto da Tabuleta;

Francisco José de Sales Filho - Técnico fiscalização do posto da Tabuleta;

Deusdete Ferreira Lima - Posto da Tabuleta;

Alberto Terceiro Neto- Técnico fiscalização posto Prensa em Pedro II;

Luiz José Leite Brinjela - Empresário;

Danilo Sampaio Bringel- Empresário;

Saulo Bringel Sampaio - Empresário

O delegado afirmou que eles tomaram conhecimento de uma ação dos acusados no Shopping da Cidade. “Eles passavam em vários box pegando dados e depois encaminhavam para os proprietários dos box uma proposta de propina para que eles não fossem fiscalizados pela Secretaria de Fazenda e que eles seriam avisados quando a Secretaria de Fazenda fosse fazer alguma fiscalização no Shopping da Cidade. Nós tomamos conhecimento de que esse fato estava ocorrendo, intimamos os proprietários do box e eles confirmaram em depoimento”, disse.

Image title

Image title

'Propinagem': Polícia realiza operação para prender técnicos da Sefaz e empresários do Piauí

Na manhã desta segunda-feira (13/07), a Polícia Civil do Piauí junto com a Secretaria Estadual de Segurança Pública deflagraram a ‘Operação Propinagem’, com o objetivo de combater a corrupção no Estado. De acordo com o delegado geral, Riedel Batista, a operação acontece em Teresina, Barras, Piripiri, União, Altos e em Juazeiro do Norte.

Segundo informações, a operação foi montada para desarticular um grupo criminoso de técnicos da Secretaria de Fazenda do Piauí juntamente com empresários. Ao todo, são seis fazendários e três empresários com mandados de prisão e busca e apreensão.

Image title

De acordo com o delegado geral, Riedel Batista, essa operação foi deflagrada visando desarticular uma associação criminosa que vinha dando prejuízo aos cofres do Estado. “Alguns técnicos fazendários em parceria com empresários estavam cometendo crimes tributários e com isso não fazendo o que é devido para algumas mercadorias que tem entrada no Estado do Piauí. Eles combinavam com os empresários, os técnicos recebiam quantias em dinheiro para não aplicar o imposto devido e com isso criava-se uma cadeia danosa de que o principal prejudicado era a sociedade, com essas prisões desarticula essa quadrilha e tem essa questão de que a policia está trabalhando no intuito de diminuir esses crimes no estado do Piauí”, declarou.

“Essa quadrilha se estende por todas as regiões, algumas pessoas estavam em deslocamento e essa operação é só o inicio de um trabalho, nós vamos intensificar no sentido de estar chamando, notificando empresários que tem algum tipo de contato com esses técnicos. O ramo dos empresários envolvidos é diversificado, não tinha um específico, temos no ramo de madeireiras, indústria de refrigerantes e em outros. Nós temos algumas prisões e as outras estão em diligências”, afirmou o delegado.

Segundo policial Gilson, da equipe de José de Freitas, a prisão de um homem identificado apenas como Deusdete já foi realizada no posto fiscal da Tabuleta, zona Sul de Teresina. “A gente se direcionou até a residência dele no bairro Renascença e ele não se encontrava no local, deixamos um policial para que nenhum familiar fizesse ligação e nos dirigimos até o posto fiscal da Tabuleta e o mesmo estava trabalhando, em seguida foi dada a sua voz de prisão”, declarou. 

“São crimes contra a administração pública, corrupção ativa e passiva. Os servidores públicos recebiam propinas para liberação de notas fiscais, tem outras equipes em campo realizando prisões”, completou o policial.

De acordo com o delegado Cadena Júnior, uma prisão foi efetuada na cidade de Barras. “Eu estou chegando agora da cidade de Barras onde fui cumprir um mandado de prisão de mais um funcionário da fazenda pública do nosso Estado, como ele tem parentes em Barras ele se encontrava em um sítio no interior da cidade, mas conseguimos cumprir a prisão sem nenhuma tentativa de fuga. Essa é mais uma prisão da operação que foi comandada pelo delegado Carlos César que já vem a uma investigação há muito tempo, Ele era justamente quem fazia a cobrança de propinas para não ter emissão de notas, isso vai ser repassado ao delegado e todos faziam parte do esquema”, declarou.

Image title

Image title



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar