Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Suspeito de latrocínio contra policial em São Paulo é preso em THE

Compartilhe

Um policial militar de folga identificado como André Alves Ribeiro, de 36 anos, foi baleado e morto no último sábado (02/01) em uma pizzaria na zona Norte de São Paulo. Os quatro suspeitos que participaram do roubo seguido de morte não haviam sido investigados até ontem, mas a polícia civil conseguiu chegar a dois acusados no Piauí.

André Alves era do 47º Batalhão da Polícia Militar de São Paulo e estava de folga comendo uma pizza com familiares, quando por volta das 22h três homens entraram no estabelecimento e anunciaram o roubo. Os acusados recolheram os objetos de clientes e funcionários, além de R$ 100 do caixa do estabelecimento. Ao tentarem roubar a carteira de Ribeiro os indivíduos reconheceram a identificação de policial militar e atiraram nove vezes. Segundo o boletim de ocorrência, os suspeitos dispararam sem que houvesse tempo para defesa da vítima.

O cunhado do policial que estava no local chegou a socorrê-lo para o hospital mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O acusado dos disparos identificado como Rodrigo Araújo dos Santos foi preso juntamente com o seu irmão chamado Fernando, que era o motorista do carro no momento do crime.

Acusados presos em Teresina (Crédito: Reprodução)
Acusados presos em Teresina (Crédito: Reprodução)

De acordo com informações do delegado Menandro Pedro, a polícia recebeu a informação e prontamente realizou a prisão dos acusados. “Nós agimos e muito rápido conseguimos identificar os presos. Todas as equipes de São Paulo já estão vindo hoje para fazer o recambiamento dos dois indivíduos. No interrogatório nós conseguimos o nome de todos que já participaram na morte do policial militar, sabemos como eles agiram. Eles já praticavam assaltos em outros locais e esse dia eles fizeram o assalto quando estava todo mundo já com dinheiro. Então um tal de ‘menor’ foi abordar o policial que estava jantando e quando viu que era policial, ele tomou o susto, o policial tentou reagir e foi quando eles dispararam nove tiros”, declarou.

Ainda segundo ele, os acusados queimaram o carro envolvido no latrocínio. “Em seguida eles pegaram o carro, saíram, deixaram os outros assaltantes em pontos diferentes, abandonaram o veículo e tocaram fogo. Esta quadrilha vinha agindo em São Paulo há muito tempo praticando assaltos e provavelmente outros homicídios”, disse.

Menandro Pedro informou que os acusados foram presos na Vila Santa Bárbara, na zona Leste de Teresina. “Lá eles estavam na casa de um tio e já estavam se preparando para ir para o interior do Piauí esperar as coisas se acalmarem”, afirmou.

Local do crime (Crédito: Reprodução)
Local do crime (Crédito: Reprodução)
Local do crime (Crédito: Reprodução)
Local do crime (Crédito: Reprodução)



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar