Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Bom Dia Meio Norte

Veja estado de saúde de soldados envolvidos em acidente na PI-113

Compartilhe

Na manhã desta segunda-feira (10/07), o comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC), coronel Alessandro da Silva, concedeu entrevista ao programa Bom Dia Meio Norte para falar sobre acidente com o caminhão do exército que tombou em Barras no momento que transportava militares de Esperantina para Teresina.

“Foram 26 dos nossos militares envolvidos nesse acidente, infelizmente um veio a óbito, 12 já receberam alta ao longo do dia de ontem, quatro inspiram cuidados adicionais porque estão internados em UTI que são os quatro casos mais graves, desses militares, três tiveram um traumatismo craniano e um teve uma fratura de mandíbula, eles estão recebendo todo cuidado médico para melhorar o quadro clínico. Nós também temos quatro em condições de receber alta hospitalar e ficamos com cinco que permanecerão um pouco mais de tempo no hospital para cuidados extras”, declarou.

Sobre o estado do caminhão envolvido no acidente, o comandante afirmou. “Esse carro que se envolveu nesse acidente era o caminhão mais novo do nosso batalhão para o transporte de tropa, o ano dele é 2013, tinha apenas 16 mil quilômetros, ou seja, baixa rodagem e estava em condições de fazer o transporte de tropa, não é um veículo improvisado. O exército usa uma série de procedimentos de segurança, avaliação e teste para o transporte de seu pessoal”.

O comandante ressaltou ainda que será aberto um inquérito para poder apurar as causas do acidente, como também o motorista será ouvido. “Ontem a equipe de perícia da Polícia Civil estava no local tomando as medidas cabíveis, nós instauramos um inquérito que vai apurar as causas do acidente. O motorista foi atendido no hospital e vai ser uma peça fundamental para que possamos descobrir as causas do acidente. Nesse momento, vamos prestar todo nosso apoio aos familiares do soldado Pimentel que veio a óbito”, disse.

Comandante Alessandro da Silva fala sobre acidente (Crédito: Reprodução/TV Meio Norte)
Comandante Alessandro da Silva fala sobre acidente (Crédito: Reprodução/TV Meio Norte)

O diretor do Hospital de Urgência de Teresina, Dr. Gilberto Albuquerque, declarou que as vítimas que foram levadas para o HUT já foram transferidas para hospitais particulares. “Nós recebemos três pacientes, um com traumatismo craniano e lesões de face, o segundo com fratura de braço esquerdo e face e o terceiro com traumatismo craniano também, realizamos os exames, aparentemente o estado deles é estável pelo menos clinicamente sem muito risco de morte. Todos eles possuíam planos de saúde e por volta de 00h a gente já tinha transferido para hospitais particulares. Outros hospitais deram apoio também, ocorrendo uma integração muito boa, então é muito satisfatório trabalhar com toda estrutura montada”, afirmou.

Um boletim médico divulgado nesta manhã mostra a situação dos soldados que estão sendo atendidos em hospitais particulares. De acordo com as informações, Douglas Freire dos Santos, de 20 anos está respirando com ventilação, entubado e com fratura na mandíbula; Mateus Diego da Costa, de 18 anos está consciente e com estado de saúde estável; Geovane Oliveira, também de 18 anos está sedado e respirando com ventilação mecânica e Cássio Angêlo da Silva, de 18 anos tem um edema cerebral e está respirando com ventilação mecânica.

O exército divulgou uma nota sobre o acidente deste domingo declarando que está prestando todo o apoio necessário para as vítimas.

Confira a nota na íntegra:

O Comando do 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC), consternado, informa o acidente ocorrido com uma viatura desta Organização Militar na PI-113, entre os municípios de Barras/PI e Cabeceiras do Piauí/PI, por volta das 13h de hoje, 09 de julho de 2017.

A viatura transportava 26 militares que regressavam para Teresina/PI de Batalha/PI, onde realizavam serviços na rodovia BR-222, obra do DNIT a cargo do 2º BEC.

Um militar faleceu e os demais feridos foram atendidos, imediatamente, no Hospital de Barras e, na sequência, foram evacuados para hospitais de Teresina.

O 2º BEC está prestando todo o suporte médico aos feridos e montou uma estrutura na sua sede para receber os familiares e os amigos dos militares acidentados a fim de lhes prestar todo o apoio e as informações necessárias.

A polícia civil realizou perícia no local e o 2º BEC irá instaurar um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as causas desse trágico acidente.

Dr. Gilberto Albuquerque fala sobre estado de saúde das vítimas (Crédito: Reprodução/TV Meio Norte)
Dr. Gilberto Albuquerque fala sobre estado de saúde das vítimas (Crédito: Reprodução/TV Meio Norte)
Pedro Henrique Pimentel morreu no acidente (Crédito: Reprodução)
Pedro Henrique Pimentel morreu no acidente (Crédito: Reprodução)
Vítimas receberam os primeiros atendimentos no hospital de Barras (Crédito: Reprodução)
Vítimas receberam os primeiros atendimentos no hospital de Barras (Crédito: Reprodução)




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar