Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Coiza Nossa

Documentário alemão confirma: Piauí é o berço do homem americano.

Documentário alemão confirma: Piauí é o berço do homem americano.
Americano | Americano
Compartilhe
Google Whatsapp

O Programa Coizanossa, apresentado pelo ecoaventureiro Alcide Filho, exibido aos domingos com exclusividade pela Rede Meio Norte, apresenta, a partir das 13h de hoje, o documentário “Os primeiros Americanos”. Produzido pela TV Estatal Alemã, durante os 45 minutos de exibição sem intervalos comerciais, são reunidas provas que confirmam:  os primeiros americanos desembarcaram no Brasil vindos da África, há, pelo menos, 35 mil anos. Niède Guidon estava correta.  

 class=

Novo Mundo.América, o último continente povoado por humanos. Tigres dentes-de-sabre dominavam a selva. Preguiças gigantes comiam folhas...Era esse o mundo dos primeiros americanos? Quem eram eles? Quando chegaram aqui? E de onde vieram? A nova resposta para todas estas perguntas é espetacular.

Niède Guidon. Pesquisadora confirma teoria do Homem Americano vindo da África para o Piauí.  (Crédito: Divulgação)
Niède Guidon. Pesquisadora confirma teoria do Homem Americano vindo da África para o Piauí. (Crédito: Divulgação)

Na vasta floresta primitiva da Caatinga revela-se um dos maiores mistérios da história da humanidade. Markus Reindel, do Instituto Arqueológico Alemão, especialista em América do Sul, está no Nordeste para investigar surpreendentes achados capazes de confrontar pesquisas anteriores. Ele diz que “o fascinante em Arqueologia é que nada deve ser tido como definitivo. Tudo pode mudar. Você acha que chegou ao definitivo e, de repente, volta ao ponto de partida”.

Quem foram os primeiros americanos?No Estado do Piauí, Nordeste do Brasil, no cenário da Caatinga, estará a resposta? Em 1930 a comunidade científica acreditava ter resolvido a pergunta. Há 12 mil anos, caçadores vindos da Ásia, teriam alcançado a América, o Novo Mundo, a pé. Sabe como? Muita água congelou e o nível do mar baixou cerca de 100 metros.

Assim, o Estreito de Bering tornou-se uma ponte de terra firme direta para a América. Porque esses imigrantes não tentaram o rumo Norte, chegar ao Alasca ou seguir até o Canadá? Resposta: se fossem, não sobreviveriam. Muito gelo bloqueando o caminho. Há 12 mil anos, foi para o Sul que uma passagem no gelo se abriu. E além do horizonte, um Sol mais quente.

Documentário alemão destacou Piauí na Europa (Crédito: Divulgação)
Documentário alemão destacou Piauí na Europa (Crédito: Divulgação)

Material arqueológico encontrado na década de 1930 nos EUA, na cidade de Clóvis, no Estado do Novo México, foi atribuído a povos asiáticos. Daqui surgiu a "Teoria Clovis". Resumo: defende, que há 12 mil anos, caçadores asiáticos foram os primeiros humanos a pisarem na América. Os arqueólogos americanos diziam estar inquestionavelmente claro. Escuro é quem duvidava. Os defensores da Teoria Clóvis eram afinados e afiados. Comparavam semelhanças entre lâminas de pedra, usadas tanto por asiáticos quanto americanos, exibidas como provas. Análises de DNA entre "nativos americanos" e seus “parentes asiáticos” foram positivas e bem-vindas.

Em livros didáticos e nos quatro cantos do planeta se ouvia: os primeiros americanos chegaram há 12.000 anos. Vieram a pé da Sibéria. Também partiram do Alasca rumo ao sul. Intrépidos exploradores, cruzaram um continente e densas florestas selvagens. Isso é bonito de contar em Hollywood. Talvez, por isso, não seja bem a verdade.

Piauí tem os mais ricossítios arqueológicos das /américas (Crédito: Divulgação)
Piauí tem os mais ricossítios arqueológicos das Américas (Crédito: Divulgação)

Longe do frio, no nordeste do Brasil, evidências científicas indicam que os primeiros americanos chegaram muito mais cedo aqui. Segundo Markus Reindel, do Instituto Arqueológico Alemão, as descobertas da Serra da Capivara, são incríveis. A Serra da Capivara esteve inexplorada por um longo tempo. É uma nova fronteira para a Arqueologia brasileira. Antes, desvalorizada, se tornou um hotspot, um centro de atração para pesquisas arqueológicas”. Nós, os arqueólogos, estamos tentando projetar como as pessoas viviam. À primeira vista, a paisagem é aparentemente inóspita. Mas, o que trouxe esse povo até aqui, o que faziam? Quais eram as condições ambientais? Compreendemos que para descrever esse cenário precisamos ter uma base de dados georreferenciados. A Natureza, por exemplo, é um arquivo de informações. Ao estudarmos os sedimentos, as rochas e o pólen, vamos encontrar muitos dados que necessitamos.

Ponta de flexa encontrada na Serra da Capivara  (Crédito: Divulgação)
Ponta de flexa encontrada na Serra da Capivara (Crédito: Divulgação)

Na Serra da Capivara, desde os anos 80, se confirma a presença do homem há mais de 50 mil anos. Isso deixa para trás, e muito, a Teoria Clóvis. Por ter saído na frente, quiseram deixar Niède para trás. Suas publicações foram ridicularizadas. Apenas interessada em ciência e completamente apaixonada pelas pinturas, Niède seguiu praticando Arqueologia como uma arte da impermanência.

Exposição internacional de André Pessoa (Crédito: Divulgação)
Exposição internacional de André Pessoa (Crédito: Divulgação)

Niède Guidon diz que na Serra da Capivara, mais de 40.000 imagens cobrem paredões rochosos. Muitas estão em locais de difícil acesso e em alturas vertiginosas. Esse tesouro pré-histórico se espalha por 1.300 quilômetros quadrados, quase o mesmo tamanho de Teresina, capital do Piauí. Muitas imagens permanecerão enigmas.

Acompanhe o segundo episódio desta reportagem. 


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×