Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Coiza Nossa

Turismo: no que a experiência do Ceará pode nos fazer decolar?

Turismo: no que a experiência do Ceará pode nos fazer decolar?
Virgelênio Machado, Desembargador Federal Carlos Brandão, Secretário Arialdo Pinho, Samuel Nascimento, UFPI. | Crédito: Alcide Filho
Compartilhe
Google Whatsapp

Por: Alcide Filho

Manhã de sexta-feira, 8 de fevereiro, no Auditório Prof. Wilson Brandão, no Núcleo de Práticas Jurídicas do Campus da UFPI, tinha gente em pé, ocupando os acessos laterais às cadeiras. Na plateia lotada, dois senadores da República, Ciro Nogueira e Elmano Férrer, uma Deputada Federal, Iracema Portella, o Deputado Estadual Luciano Nunes Filho e seu pai, Conselheiro do TCE, Coordenadora Regional do ICMBio, Ana Célia Coelho, desembargadores, pesquisadores, escritores, empresários, ambientalistas, representantes das câmaras setoriais do Turismo do Governo do Estado, técnicos da Prefeitura de Teresina, Secretários Municipais de Oeiras, Castelo do Piauí, jornalistas, assessores de imprensa.

De frente para todos, microfone em mão, Arialdo de Mello Pinho, Secretário do Turismo do Ceará. Ele atendia a um convite da Rede Pense Piauí, formulado por um de seus líderes, o Desembargador Federal, Carlos Augusto Pires Brandão, com lobby positivo do empresário parnaibano Virgelênio Machado. Estava montado um cenário para revelações e desafios provocativos.

Arialdo Pinho não veio ao Piauí dar aulas, mesmo que estivesse em um auditório lotado da UFPI. Nem trouxe pretensões vaidosas de ensinar dever de casa. Objetivo e elegante no opinar, apenas relatou fatos e repercussões das políticas públicas e resultados de parcerias e articulações empresariais. “Gerenciar Turismo é reconhecer que não basta ter um lugar bonito para atrair turistas e automaticamente gerar negócios lucrativos. O que define o sucesso de um destino turístico é um conjunto de providências, investimentos e parcerias, tanto locais quanto internacionais, incluindo o atendimento, o respeito ao mercado, orientações de pesquisas, a novidade, a logística… é o pensar Turismo com estratégias para 20 anos adiante e definir muito bem, com responsabilidades, como aplicar os recursos públicos tão escassos”, declarou.

  • Arialdo Pinho. Secretário do Turismo do Ceará . @alcidefilho


Arialdo cursou Economia, Administração e Ciências Sociais. É um amigo conhecido da Parnaíba. Instalou, no Piauí, a primeira fazenda de criação de camarão do Brasil, no início da década de 1970. É um dos criadores do parque aquático Beach Park, inaugurado em 1985. Mineiro da cidade de Lima Duarte, chegou ao Ceará em 1958. Desde 2015, ocupa o cargo de titular da Secretaria do Turismo do Estado do Ceará. Em dezembro de 2018, recebeu o Prêmio Nacional do Turismo, no setor Governo.

“O Piauí precisa dizer o que quer no Turismo. Estabelecer metas, qual sua prioridade. Escolher um rumo. Tudo, de uma só vez, não dá para tocar. Muito trabalho, sequência de ações e persistência definem resultados. É pensar grande, a longo prazo, e fazer o dia a dia. Uma base de dados, incluindo pesquisa, reduzem erros e improvisações. Hoje o Turismo contribui com 12% para o BIP do Ceará. Nossa meta, em 15 anos, é chegar a 25%”, afirmou Arialdo. Ano passado o Ceará investiu, com recursos do tesouro estadual, 12 milhões em promoção turística, 22 milhões em publicidade e 75 milhões em infraestrutura para o setor turístico.

TURISMO NO BRASIL

Vamos aos números do cenário: o Turismo injetou US$ 163 bilhões no Brasil em 2017, o equivalente a 7,9% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. O valor absoluto é 7% maior que o obtido em 2016, US$ 152,2 bilhões. A contribuição do Turismo para o PIB do Brasil deve registrar crescimento de 2,5% em 2018 e chegar a 8,2% em 2028. Quem revela é um estudo econômico elaborado pela Oxford Economic para o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), principal consultoria independente do setor no mundo.

Em relação aos empregos no país, o Turismo é responsável por gerar e manter cerca de 8 milhões de brasileiros trabalhando. Temos muito a crescer: o Brasil aparece em 117ª posição mundial quando foi avaliada a contribuição do setor para o PIB em 2017.  

Entre crises políticas e econômicas e por conta do Brasil ter reduzido seus gastos internacionais (-18,1%),  o PIB do Turismo na América Latina registrou um declínio de 1,4%.  Mas o cenário já começa a dar sinais de recuperação. Dados do Banco Central apontam que os meses de janeiro e fevereiro de 2018 foram os melhores em relação a gastos de turistas estrangeiros no Brasil desde a década de 90. O valor foi de US$ 1,39 bilhão - US$ 779 em janeiro e US$ 611 milhões em fevereiro 

A facilitação de vistos para turistas americanos, canadenses, australianos e japoneses, o financiamento de obras de infraestrutura, a qualificação profissional para garantir o melhor atendimento aos visitantes e a abertura do país para o mercado internacional, são ações combinadas destinadas a colocar o Brasil entre os grandes destinos mundiais.

ANÁLISE GLOBAL

No foco Global, o estudo da Consultoria WTTC analisou 185 países de 25 regiões do mundo e reforça a importância da atividade do TURISMO para a economia global. No mundo, o setor apresentou um crescimento de 4,6% e foi responsável pela criação de 7 milhões de empregos. Segundo o levantamento, 1 em cada 10 empregos está ligado à atividade que também responde por 10,4% do PIB global, o equivalente a US$ 8,3 trilhões. A entidade estima um crescimento anual de 3,8% para a próxima década.

TURISMO NO CEARÁ

Fortaleza é reconhecida como um dos principais portões de chegada de estrangeiros ao Brasil. Enquanto em 2017 haviam 14 frequências semanais chegando de 8 origens, até abril de 2019 serão 48 ligações por semana, transportando turistas de 14 cidades da América, Europa e África para o Brasil a partir do Ceará. A inauguração do centro de conexões internacionais (Hub Air France/KLM/GOL) na Capital cearense, foi apontado como o início de uma nova fase no Turismo do Estado, com impacto em todo o Nordeste.

O aumento no número de turistas estrangeiros no Ceará está estimado entre 60 e 70 mil por ano. O incremento projetado para dois anos é de cerca de 150 mil turistas de outras nacionalidades, de acordo com a Secretaria de Turismo do Ceará (Setur-CE).

Para fazer a conexão dos passageiros de novos voos dentro do Brasil, o Estado conta com 40 voos nacionais diários da Latam e outros 40 da Gol. O número passará para 50 voos por companhia até o fim de 2019.

Turismo internacional no Ceará

O fluxo de turistas estrangeiros no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, cresceu 60% nas férias de Julho/2018. Foram 42 mil visitantes, o que significa 15,8 mil passageiros a mais que em julho de 2017, o maior índice já registrado desde o início da série histórica medida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) desde o ano 2000.

TURISTAS EM ÚNICA TEMPORADA DE FÉRIAS GERARAM RECEITA DE 1 BILHÃO NO CEARÁ. 

A primeira temporada de férias 2018, após o início das operações do Hub Air France/KLM/GOL em maio do ano anterior, somados aos  novos voos da Latam,  apontam que 440 mil turistas desembarcaram no Ceará. Em julho de 2018, o número foi 10,9% maior que o registrado no mesmo período de 2017, quando o Estado recebeu 396 mil visitantes de outros estados do Brasil. O impacto econômico na receita direta foi de R$ 1 bilhão, representando um crescimento de 14% em comparação a julho de 2017. 

O Estado do Ceará, apenas em 2018, adicionou quatro novos destinos no exterior, via Cidade do Panamá, Amsterdã, Paris e Orlando, além do incremento das operações para os Estados Unidos. E em 2019, já estão confirmados dois voos semanais para Madri, na Espanha. 

Dados mais recentes do Governo do Estado apontam que o Produto Interno Bruto (PIB) do setor passou de 10,5% (em 2015) para 12% em 2018. De acordo com projeções do secretário de Turismo, Arialdo Pinho, esse número poderá dobrar até 2028. "Nós estamos trabalhando para aumentar cada dia essa participação do Turismo no PIB do Estado. A expectativa é dobrar e chegar a uma participação de 24% em 10 anos". Ele justifica que esse crescimento deve se consolidar com os mais recentes anúncios de novos voos e as negociações que podem se concretizar já em 2019. 

"A Globalia, grupo que controla a Air Europa, que vai realizar os voos de Madri para Fortaleza, quer fazer uma base em Fortaleza, onde todos os negócios da empresas na América do Sul estariam aqui. A gente tem um olhar para além de novos voos, mas também para investimentos na parte de hotelaria e investimentos para desenvolver parcerias com o Turismo, tentando fazer com que Fortaleza seja fortalecida como porta de entrada para a América do Sul", explica o titular da Setur/CE.

As operações da Air Europa foram anunciadas em Madri pelo governador do Ceará, Camilo Santana, na presença do empresário Javier Hidalgo, CEO do grupo espanhol Globalia. Javier, com 46 anos,  recebeu a missão de multiplicar os resultados do Grupo Globalia, um dos maiores conglomerados de turismo da Europa, dono de um faturamento de € 4 bilhões. Sob seu guarda-chuva estão companhias como a aérea Air Europa e a hoteleira Grand Palladium.  Ele acredita que o Brasil se tornará um novo Caribe no mapa mundial do Turismo. 

Os vôos, vindos da Espanha pela Air Europa, devem começar entre junho e julho de 2019, na alta estação de verão europeu. Segundo o Secretário Arialdo Pinho, “ainda não temos os dias certos. Esses investimentos serão muito importantes para fortalecer o destino entre as duas cidades (Madrid e Fortaleza). A intenção do Grupo Globalia é fazer de Fortaleza e do Ceará um grande centro de inovação em Turismo. Nosso aeroporto já se consolida como importante hub aéreo para vários países. E a Air Europa, em parceria com a Air France/KLM, quer conectar a Europa a várias países da América do Sul”, completou.  

NOVOS VÔOS 

O secretário não revela muitos detalhes, porém confirma que negocia novas operações internacionais para o Ceará. "Eu busco ainda que a gente tenha conexão com a Itália pelo histórico do País com o Ceará. Nós temos que trabalhar mais isso. Por enquanto estou muito satisfeito com os voos atuais", acrescenta.

CONEXÕES

O secretário do Turismo voltou a dizer que as operações da Air Europa vão ser complementares aos voos do Grupo Air France-KLM e que as conexões para as cidades do Norte e Nordeste serão realizadas pela Gol. "Eles (Air Europa e Air France-KLM) fazem parte da mesma aliança, a Skyteam, então existe essa relação. A Air Europa vai fazer parte dos voos com a Gol, compartilhando as operações, e devem trabalhar no banco de conexões da Gol", confirma.

O secretário não revela muitos detalhes, porém confirma que negocia novas operações internacionais para o Ceará. "Eu busco ainda que a gente tenha conexão com a Itália pelo histórico do País com o Ceará. Nós temos que trabalhar mais isso. Por enquanto estou muito satisfeito com os voos atuais", acrescenta.

Desembargador Federal Carlos Augusto Pires Brandão. Foto: @alcidefilho

O TURISMO CAIU NA REDE

O Turismo, como promotor de desenvolvimento e gerador de riquezas, está na pauta da Rede Pense Piauí. O Desembargador Federal, Carlos Augusto Pires Brandão, declarou: “quem quiser que nos acompanhe”. E prosseguiu: Turismo não é festa, é negócio, como diz o Secretário Arialdo Pinho. Vamos, a partir de agora, tracionar a Câmara Setorial do Turismo, chamar a atenção para a importância da elaboração de um Plano de Desenvolvimento de forma integrada com os demais setores públicos. Cremos na sensibilidade do Governador Wellington Dias para a importância imediata de termos um Plano de Ação para o Turismo, visando o desenvolvimento do Estado.

O Senador Elmano Férrer lembrou que o Banco Interamericano de Desenvolvimento, há mais de 20 anos, alocou recursos para o Desenvolvimento do Turismo no Nordeste, através do PRODETUR. Muitas das obras de infraestrutura não aconteceram no Piauí por incapacidade técnica do Estado captar recursos e encaminhar destinação. Isso não pode se repetir. Atrações turísticas, nós temos. Precisamos é atrair e manter turistas aqui. Através do Pense Piauí, estamos trazendo esse tema em pauta social, buscando sensibilizar a todos.

A Deputada Federal Iracema Portella disse estar otimista com as mobilizações sociais que o Pense Piauí tem feito: o foco no Turismo representa mais trabalho, mais oportunidades para o desenvolvimento de uma indústria de baixo impacto ambiental e que agrega, com investimentos em treinamento e qualificação, a possibilidade de muita gente nossa tornar-se empreendedor. Temos que agir abrindo oportunidades de negócios com boa gestão e profissionalismo. Turismo no Piauí é um pacote de incríveis atrações criadas pela própria Natureza, afirmou citando o Canyon do rio Poty, entre tantas que temos.

Samuel Nascimento, coordenador do Núcleo de Pesquisas da Justiça da UFPI, um dos organizadores do evento, também representando o reitor Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes, disse que a realização do encontro no cenário da Universidade Federal tem o propósito de abrigar as ideias e depois depurá-las em ações práticas, convertendo as sugestões e análises em procedimentos de gestão e desenvolvimento, para tudo não ficar apenas no plano das conversas.

Jorge Holanda, Presidente da Câmara Setoria ldo Turismo no Piauí.

Ceará está mostrando ao Brasil um formato diferente e eficaz de gestão do Turismo, disse o Secretário de Cultura e Turismo de Oeiras, Estefano Ferreira. Vamos nos inspirar, adequar e trazer para nós o que funciona. Com o compromisso da sustentabilidade econômica e ambiental, o Secretário Municipal de Turismo de Castelo do Piauí, Anderson Lima, declarou reconhecer no seu município o Portal do Canyon do Poti e, com isso, todas as responsabilidades de gestão. “Temos que pensar e praticar o Turismo no Canyon do Poti de modo integrado, desde o receptivo aos passeios”, reconheceu. Esse encontro promovido pela Rede Pense Piauí nos confirmou: para o Turismo gerar negócios e empregos, tem que ser profissionalizado de ponta a ponta. Jorge Holanda, presidente da Câmara Setorial de Turismo, reforçou que o intuito dessa palestra foi também a de mudar a visão da importância do Turismo para o Piauí e nos ajudar a torná-lo um NEGÓCIO, lembrando que planejamento e gestão é tudo para alcançarmos os resultados positivos que queremos.

  Stefano Ferreira  . Secretário de Cultura e Turismo de Oeiras. 

Anderson Lima, Secretário Municipal de Castelo do Piauí.  Portal do Canyon do rio Poti. 

Para Ehrlich Cordão,  trazer o Arialdo Pinho era um sonho desde que assumiu a CSTUR e Rede Pense Piauí Turismo. Segundo ele, o Secretário em poucas palavras, resumiu: fazer turismo é brincadeira de gente grande! "Os números por ele apresentados nos deram uma dimensão de quanto nós ainda estamos no jardim de infância e que precisamos encarar esse segmento com compromisso e responsabilidade, sabendo que a atividade turística pode contribuir em muito para o desenvolvimento sustentável do nosso povo e através dele atrair outros investimentos que gerarão emprego e renda. O Turismo deixa um legado que passa o tempo através de gerações e o melhor exemplo disso é o Hotel Serra da Capivara, construído há 30 anos atrás e que ainda ainda hoje emprega e gera renda para a população de São Raimundo Nonato. Pena que essa política pública voltada para o Turismo nunca mais foi tocada por gestores comprometidos com o desenvolvimento do Estado do Piauí e que não vêem esse segmento como uma mola propulsora para gerar emprego e renda.  Os governantes devem imediatamente parar de trocar cargos administrativos por políticos e colocarem gestores comprometidos, sérios, eticos e com  honestidade pela área que irão participar no governo. Só assim poderemos crescer!"


Ehrlich Cordão, da Rede Pense Piauí. Criador do PIOCERÁ. 

Gratidão, Ceará. Embora nem tudo o que serve aos outros vale para nós, o Turismo profissional no Piauí tem que decolar como uma viagem sem volta. Embarque imediato. Vamos em frente.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×