Populares voltaram a se manifestar e interditar a rodovia BR-316, na noite desta quinta-feira (01), onde o zelador Wadson Oliveira da Cruz, de 30 anos, morreu vítima de um atropelamento na noite de ontem (31). O caso aconteceu no trecho que compreende o bairro Santo Antônio, na zona Sul de Teresina. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está no local acompanhando o ato, com apoio da Polícia Militar. 

Diversos pneus foram queimados e colocados sob a via, interditando o trânsito. Moradores da região, amigos e familiares de Wadson Oliveira estão no local pedindo justiça e revindicando as autoridades a construção de uma passarela ou a instalação de um semáforo, para evitar mais acidentes.






Ver essa foto no Instagram










Uma publicação compartilhada por Grupo Meio Norte Comunicação (@meionorte)

“Esse problema nosso aqui é antigo. Tem uma creche do outro lado e ele veio pegar o menino do colégio. Ao retornar, foi atropelado. Depois que tirou o balão, o fluxo ficou muito grande, alta velocidade. Era um pai de família e deixa duas crianças pequenas. Esse problema aqui é antigo e inadmissível que continue morrendo gente nessa rodovia. A gente pede pelo amor de Deus que as autoridades tomem providências”, disse um tio da vítima. 

Wadson Oliveira da Cruz morreu após ter tentado atravessar a via, quando acabou sendo colhido por uma motocicleta. O condutor do veículo se evadiu do local. 

Populares voltam a se manifestar após morte de homem atropelado na BR-316 (Foto: Rede MN)Populares voltam a se manifestar após morte de homem atropelado na BR-316 (Foto: Rede MN)

Populares voltam a se manifestar após morte de homem atropelado na BR-316 (Foto: Ivan Lima/ Meio Norte)Populares voltam a se manifestar após morte de homem atropelado na BR-316 (Foto: Ivan Lima/ Meio Norte)