Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Oportunidades

Sebrae e CNPq lançam edital para a seleção de bolsistas para o Programa Agentes Locais de Inovação

Compartilhe

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí, e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, lançaram o Edital para a seleção de bolsistas para o Programa Agentes Locais de Inovação, ALI. As inscrições, que encerram no dia 29 deste mês, estão disponíveis no site da Egaion Consultoria – www.egaion.com.br.

A seleção conta com duas vagas para Orientador, sendo uma para cadastro de reserva; e 18 vagas para Agentes Locais de Inovação, ALI, sendo seis para cadastro de reserva. Os selecionados, que serão bolsistas do CNPq, irão atuar junto às microempresas para promover a prática continuada de ações de inovação, por meio de uma orientação proativa e personalizada.

O valor da bolsa para orientador é R$ 4 mil, por um período de 12 meses, com previsão de início dos trabalhos remotos em setembro de 2021. Caso o orientador possua vínculo empregatício com outra empresa e ou instituição, receberá apenas 60% do valor da bolsa.

Entre os requisitos para ser Orientador estão: possuir mestrado e/ou doutorado; ter residência no Piauí; ter disponibilidade de, no mínimo, 20 horas semanais para orientação dos agentes; ter experiência comprovada em orientação de graduandos e/ou pós-graduandos; participação em projetos de pesquisas, iniciação científica ou defesas de dissertações e teses voltadas ao levantamento de boas práticas de inovação em pequenos negócios; ou ainda atuação no ambiente empresarial, desenvolvendo atividades focadas em inovação; além de possuir currículo cadastrado e atualizado na plataforma Lattes (www.cnpq.br/lattes).

Os ALI atuarão em campo por um período de 22 meses, sendo um mês de capacitação virtual, previsto para janeiro de 2021, e 21 meses de trabalho junto às microempresas. No primeiro mês, destinado ao treinamento, do qual participarão os 18 selecionados, a bolsa será de R$ 2 mil. Após o período de capacitação, os 12 candidatos com melhor desempenho passam a receber o valor de R$ 4 mil, mensalmente. Os demais ficam no cadastro de reserva do programa, sem remuneração.

As vagas serão distribuídas oito para Teresina, sendo quatro para cadastro de reserva; e para Bom Jesus, Floriano, Picos e Parnaíba, serão disponibilizadas seis vagas, sendo uma efetiva para cada município, e duas para cadastro de reserva em Parnaíba e Floriano. Os candidatos deverão residir ou fixar residência nos municípios para os quais concorreram à vaga até a data de assinatura do Plano de Trabalho. O raio de atuação desses profissionais será de até 100 km do local onde residem.

Entre os requisitos para atuação com ALI estão: ter formação universitária com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação; a graduação deve ter sido concluída há, no máximo, dez anos; e experiência comprovada de, no mínimo, seis meses, em atividades relacionadas à pequenos negócios e/ou gestão de empresas e/ou tecnologia e inovação.

O Sebrae e o CNPq não atenderão nenhum candidato e nem passarão informações sobre o processo seletivo, cabendo à EGaion Consultoria todo e qualquer contato e resposta aos candidatos participantes deste processo. Dúvidas e outras demandas deverão ser encaminhadas por escrito para o endereço eletrônico www.egaion.com.br/faleconosco.

O PROGRAMA ALI

O Programa ALI tem abrangência nacional e está consolidado como estratégia de competitividade e diferencial para as empresas. É executado por meio de um acordo de cooperação técnica entre o CNPq e o Sebrae.

O objetivo é promover a inovação para reduzir os custos e/ou aumentar o faturamento das microempresas e empresas de pequeno porte, a partir da instrumentalização e experimentação de ferramentas ágeis e do compartilhamento de experiências entre os empresários,

Os agentes bolsistas do CNPq são capacitados para acompanhar as empresas, definidas estrategicamente pelo Sebrae.

Durante o ciclo de vigência definido no edital, os ALI visitam os empreendimentos, apresentam soluções e oferecem respostas às demandas do negócio. As mudanças geram impacto direto na gestão empresarial, na melhoria de produtos e processos e na identificação de novos nichos de mercado.

Podem ser atendidas pelo programa exclusivamente empresas com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões, que atuam nos setores da Indústria, Comércio ou Serviços.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar