Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Painel Agro

Incêndios ameaçam produtores dos Cerrados e falta de chuvas adia plantio de grãos

Compartilhe

A região dos Cerrados, no sul do Piauí, está sofrendo com a incidência de queimadas. Nas zonas rurais de cidades como Bom Jesus, Curimatá, Parnaguá os incêndios estão mais frequentes nos últimos 15 dias. O clima com altas temperaturas e baixa umidade favorece a expansão do fogo, mas na maior parte dos casos a queimada se inicia por ação humana. “São caçadores que as vezes acendem fogueiras na mata ou até mesmo algum morador que joga bagana de cigarro. O fogo toma proporções e às vezes se torna incontrolável”, disse um produtor de Bom Jesus.

Sem qualquer tipo de estrutura do Corpo de Bombeiros na região, os produtores são obrigados a irem a campo combaterem o fogo. “No último incêndio na minha fazenda,  a gente contratou uma equipe de pessoas e passamos três dias na mata tentando apagar o fogo. Tivemos um prejuízo de mais de R$ 30 mil”, disse a pecuarista Tânia Paranaguá, que tem uma propriedade na cidade de Parnaguá.

Há uma previsão de chegada de chuvas nos Cerrados para a primeira quinzena de novembro. Enquanto elas não chegam, os produtores adiam o inicio da plantação para a safra 2020/2021. De acordo com um mapa apresentado pela Companhia Nacional de Abastecimento, o Piauí não tem área plantada ainda de soja, por exemplo, que concentra mais da metade da produção de grãos do estado.

Esse foi um dos assuntos tratados no programa diário da TV Jornal, canal 20.1. Confira no vídeo.



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar