Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
Ronda do Povão

Polícia prende 5 pessoas, apreende 60kg de crack e R$ 300 mil reais em operação

Compartilhe

Delegado Menandro Pedro afirma que droga estava enterrada em sítio em Timon

Atualizado às 11:07

Em entrevista coletiva, a equipe responsável pela apreensão de 60kg de crack, duas pistolas e mais de R$ 300 mil reais em dinheiro concederam uma entrevista coletiva para apresentar o material recolhido durante a noite de terça-feira e madrugada de quarta-feira (15/04).

De acordo com o delegado da Entorpecentes, Menandro Pedro, a polícia chegou ao local através de denúncias. “Nós tivemos que passar vários dias, varias semanas trabalhando com barreiras fixas e móveis. Um trabalho integrado entre as policias e os órgãos de segurança. Ontem nós estávamos fazendo barreiras e recebemos uma denúncia anônima deste local. Fomos até o endereço e lá adentramos e encontramos 5 tabletes de cocaína e dinheiro e ao encontrar o elemento que foi preso ele nos relatou onde estava o restante da droga e fomos até a cidade de Timon. Em uma chácara nós conseguimos apreender mais uma arma e o restante da droga, cerca de 49 tabletes de cocaína. Todos os policiais civis, militares, da DEPRE, delegados que se dedicam diuturnamente estão de parabéns, e o trabalho continua, só quem ganha é o povo do Piauí, todas essas ações são ordem do secretário de Segurança Fábio Abreu”, afirmou.

Sobre os presos, o delegado destacou. “A droga encontrada estava enterrada na chácara, os presos foram levados para  a DEPRE e o flagrante foi feito de madrugada, depois os cinco foram encaminhados para a Casa de Custodia. O trabalho da policia continua no intuito do combate as drogas, as barreiras vão continuar sendo feitas”, disse.


Polícia prende 5 pessoas e apreende 60kg de crack e R$ 300 mil em operação
Na madrugada desta quarta-feira (15/04), as polícias do Piauí e de Timon junto com a delegacia de entorpecentes, e o núcleo de inteligência da Polícia Civil realizaram a prisão de oito pessoas e a apreensão de 60kg de crack, uma pistola e mais de R$ 300 mil reais em espécie em poder de uma quadrilha.

A apreensão é fruto de operações de rotina de prevenção ao tráfico de drogas, com abordagens de veículos em vários pontos de Teresina bem como a integração das instituições visando à repressão qualificada das atividades criminosas.

O dinheiro estava escondido em um fundo falso de um veículo modelo CrossFox prata e seria levado para outro Estado. Na ação foram apreendidos carros e duas pistolas em poder dos criminosos. A polícia afirma que essa foi a maior quantia até hoje apreendida em poder de traficantes no Estado.

De acordo com informações do delegado da Entorpecentes, Menandro Pedro, a operação ainda está em andamento. “Nós trabalhamos em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal, a Depre, a polícia de Timon e o núcleo de inteligência e conseguimos fazer essa grande operação. Nós recebemos essa informação e conseguimos localizar o endereço que ainda não pode ser divulgado. Lá pegamos mais de R$ 300 mil reais em dinheiro, arma e 60kg de pasta de cocaína que também tem o crack”, afirmou.

“No local aqui em Teresina, nós identificamos o proprietário da droga, e ele nos mostrou onde estava o restante da entorpecente, nos deslocamos até Timon e conseguimos pegar mais. Nós ainda estamos fazendo flagrantes, estamos com duas noites e dois dias trabalhando e ainda não concluímos o número de prisões”, disse ele.

Segundo o Secretário de Segurança, Fábio Abreu, isso é o retrato do trabalho de integração das polícias. “Nós tivemos nessa operação a participação da Polícia Rodoviária Federal, da polícia do Piauí, da polícia Civil e Militar de Timon em função de um bem maior, porque quando nós conseguimos realizar uma apreensão dessas que não é a primeira e com toda certeza não será a última, nós estamos causando um bem para as pessoas que não terão esse vício corrosivo para a sociedade”, disse.

“O diferencial desse flagrante é exatamente a quantidade de dinheiro, tiramos a droga, mas muitas vezes eles ficam com o dinheiro, o nosso objetivo é realizarmos uma busca nos bens desses indivíduos para que consigamos um resultado bem mais eficiente que é desestruturar o tráfico, nós demos um bom adiantamento uma vez que parte do recurso deles também foi apreendido”, afirmou o secretário em entrevista.





Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar