Corso de Teresina: 700 homens da Polícia Militar farão segurança

A Prefeitura de Teresina, responsável pela organização do corso, que acontece no sábado (18), finaliza os últimos detalhes.

Está se aproximando a hora da avenida Raul Lopes se transformar no maior corredor da folia em todo o Estado. A Prefeitura de Teresina, responsável pela organização e estruturação do corso, que acontece no sábado (18), finaliza os últimos detalhes. O coronel Paulo de Tarso, comandante do policiamento metropolitano da capital, informou que 700 homens da Polícia Militar foram designados para trabalhar no evento.

“A Polícia Militar está só aguardando o horário de iniciamento, nós estaremos lá por volta das 8h da manhã e ficaremos até sair o último folião. Serão 700 policiais espalhados por todo o evento, colocados em pontos estratégicos e principalmente começando a fazer o bloqueio bem cedo nas adjacências para garantir a segurança de todos”, informou.

D acordo com o comandante, não será permitida a presença dos “paredões “ no corso. O Coordenador da Comissão Organizadora Corso, Marlon Rodner, informou que foi preparada toda uma estrutura para proporcionar o bem-estar dos foliões.

Coordenador da Comissão Organizadora Corso, Marlon Rodner (Crédito: Rede Meio Norte)
Coordenador da Comissão Organizadora Corso, Marlon Rodner (Crédito: Rede Meio Norte)

“Nós teremos uma estrutura para garantir a saúde e o bem-estar dos foliões e muita segurança para realizarmos esse grande evento que pertence a população de Teresina. A Prefeitura é responsável por organizar os espaços, e pede a compreensão do povo para que realimente a gente preserve esse espaço extraordinário que é esse aqui da Ponte Estadiada”, afirmou.

Segundo o presidente, 31 caminhões já foram inscritos. “A inscrição nós prorrogamos até às 18h e já temos 31 caminhões inscritos e não acredito que é a quantidade que vai dar brilho, mas sim a qualidade e não adianta ter 400 caminhões e o corso não andar. Diferente dos anos anteriores, quando o último caminhão ia passar 23h, agora tudo ocorrerá no horário previsto”, acrescentou.