Polícia do Maranhão prende falsa vendedora de Iphones

Acusada era investigada desde 2016

Nesta quinta-feira (20), a  Polícia Civil do Maranhão prendeu uma mulher acusada de aplicar golpes no estado vizinho e no Tocantins. A jovem foi identificada como Patricia Costa Martins, de 28 anos, e era procurada pela polícia desde de o ano passado. 

De acordo com as investigações, a mulher, conhecida como "Paty do Iphone", aplicou golpes que chegaram a R$ 60 mil somente com a falsa oferta de smartphones da Apple. 

“Ela se dizia comerciante de aparelhos celulares da marca Apple e nessa negociação, ela se dizia representante que poderia conseguir os aparelhos por um valor menor, por exemplo, se o objeto naquela época, em 2016 quando o fato aconteceu, valia R$ 2000 ou R$ 2500, ela conseguia um abatimento de mais de 50%. Então, atraído por aquilo a pessoa se valia da possibilidade de fazer um bom negócio e acaba fazendo esse tipo de negociação com essa senhora”, afirmou o delegado Day Robson Costa. 

Patrícia foi presa na cidade de São Raimundo das Mangabeiras e encaminhada para São Luís, a acusada deve responder pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha. 

Paty do Iphone (Crédito: Reprodução)
Paty do Iphone (Crédito: Reprodução)


logomarca do portal meionorte..com