2014 se aproxima e os piauienses preparam ceia para passagem de ano

2014 se aproxima e os piauienses preparam ceia para passagem de ano

Para garantir que o ano se inicia a partir dessa quarta-feira, será cheio de coisas boas

A virada do ano se aproxima e as pessoas já fazem contagem regressiva para colocar em prática as suas tradições e receber 2014. O que não pode faltar na noite de hoje é uma mesa farta, com pratos deliciosos e com os ingredientes certos para trazer sorte no ano que está chegando. Para os supersticiosos, cada alimento que compõe a mesa tem um significado.

Para garantir que o ano se inicia a partir dessa quarta-feira, será cheio de coisas boas, desde ontem que os teresinenses buscam os alimentos certos nos supermercados da cidade. A carne suína, o peixe, a uva, a lentilha e a romã são os mais procurados e deverão estar presentes em praticamente todas as meses da noite de hoje.

Edvone Sabino disse que não é supersticiosa, mas garante que alguns alimentos não podem faltar na sua mesa na hora da virada, bem como os tradicionais champanhes e espumantes. ?Eu não acredito muito em muita coisa que as pessoas falam, mas estou levando pernil para fazer um prato que será servido na ceia de réveillon. Assim como no Natal, eu sempre como peru, no réveillon eu sempre como pernil?, disse.

Já Rosa Alves conta que na sua mesa da ceia de réveillon não há espaço para aves, já que todos acreditam que elas não trazem sorte para o ano que se inicia. No seu carrinho de supermercado, a uva e o pernil são itens garantidos.

?A nossa cultura e tradição dizem que o que dá sorte no ano que se aproxima são alimentos como uva e pernil e eu sempre compro. Eu sempre procuro as coisas mais em conta. Algumas também são tradições, mas são tão caras, que eu prefiro não levá-las e substituí-las por outras mais baratas?, afirmou.

Leônia Mattos conta que também não acredita em muitas superstições dessa data, mas confessa que sua ceia será regada a muito pernil, uva e todos os outros pratos que trazem boa sorte para o ano que se inicia. ?O jantar de réveillon dos amigos será na minha casa, então tenho que levar tudo que traz sorte, pois as pessoas acreditam nisso. Na hora da virada, elas com certeza vão querer comer uvas, pernil, romã e tudo mais?, pontuou.

Mas quanto será que custa compor essa ceia com tudo que se tem direito? Há quem diga que a ceia esse deste ano está bem mais cara do que no ano passado. Mas a verdade é que os supermercados hoje oferecem uma variedade de marcas e produtos que se encaixa no bolso de cada um. No caso dos espumantes, por exemplo, há desde aquele mais simples, que custa menos de R$ 6,00, até os mais caros, que chegam acerca de R$ 90,00. Há ainda as champanhes, para quem está com o orçamento menos apertado, que custam mais de R$ 200,00.

Fonte: Pollyana Carvalho