‘Acima de tudo eu e Neymar somos muito amigos’, diz Carol Dantas

Mãe do David Lucca, filho do Neymar, abre o coração e faz revelações

Ter sido mãe aos 16 anos foi um divisor de águas na vida da então adolescente Carol Dantas. Quando soube que esperava um filho, o sentimento foi de muito nervosismo. “Fiquei desesperada! Não sabia o que fazer. Imagina: eu tinha 16 anos, estava concluindo o terceiro grau e ia prestar vestibular para Medicina. Com a gravidez, saí da escola e conclui os estudos em casa”, contou ela durante o Sauípe Folia, na Bahia.

Carol não aguentou o preconceito que sofreu por parte dos colegas da escola. Única grávida do colégio, sentiu que as pessoas a julgavam e isso a incomodava bastante. Com o nascimento de Davi Lucca, o sonho de se tornar médica foi substituído. “Estou cursando fisioterapia e estou gostando muito, viu. Não dava para estudar Medicina porque exige muita dedicação e meu filho precisa de mim”, diz.

Assim que Davi, hoje com 3 anos nasceu, a menina Carol foi obrigada a virar mulher da noite para o dia. Hoje mãe e filho moram sozinhos e a jovem conta com a ajuda de uma babá para cuidar do garoto quando ela está na faculdade. “Ele também vai à escola, mas gosto tanto de ficar com meu filho, sinto tanto a falta dele quando não está comigo, que às vezes nem o mando para a escola para ficarmos juntos. Ele é meu amigão e sente quando estou triste. Se choro, ele fala: 'Você é linda, mamãe!'”.

 Famoso por suas carinhas sapecas em fotos publicadas por Carol no Instagram, Davi é uma criança feliz, acredita a super mamãe. A felicidade do filho ela atribui ao bom relacionamento que tem com Neymar e a família dele. “Nós damos muito bem. Nossas famílias se entendem. Eu e Neymar, independente de qualquer coisa, somos muito amigos. O relacionamento que tivemos foi uma coisa e nossa amizade é outra. Isso só faz bem ao nosso filho.”

Assim que deu à luz Carol deu uma repaginada nos seios e colocou próteses de 400 e 380 ml de silicone. O cabelo também ficou mais ralo por causa de uma anemia adquirida durante a gestação e para dar mais volume aos fios usa megahair. “Agora eu preciso emagrecer. Era super magrinha e depois que tive filho ganhei culote. Eu malho, sabe, mas acho que preciso fazer uma reeducação alimentar”.

Bonita, jovem e solteira, não cabe aí um novo amor? “Até tenho tempo de namorar, mas me tornei muito exigente. Sou muito cabreira, até com as minhas amizades. Sempre fui assim. Aqui no Sauípe, por exemplo, vim com a minha prima."

Clique para curtir o Portal Meio Norte no Facebook



Fonte: Ego