Adriane Galisteu alfineta Xuxa e Sílvio Santos no Superpop""

Sobre Silvio Santos, Galisteu fez questão de falar sobre o período que ficou na geladeira

Na noite desta quarta-feira (26), Adriane Galisteu quebrou um jejum e um tabu: estar de volta ao palco do "Superpop", o programa de auditório da RedeTV! onde ela começou. Ao lado de Luciana Gimenez, Galisteu falou sobre algumas pessoas que fizeram parte da vida da apresentadora.

Sobre Silvio Santos, Galisteu fez questão de falar sobre o período que ficou na geladeira. "Eu sai do SBT não foi porque eu cansei. Ele me mudou 18 vezes de horário. E pensei até que fosse pessoal. Fiquei quatro meses fora do ar e recebi uma proposta muito legal da Band e consegui ver como é o Silvio. Ele é assim! Hoje eu sou uma profissional melhor por causa desse homem", explicou a apresentadora.

Uma outra figura presente no telão do "Superpop" foi Graciane Barbosa. Ela foi a substituta de Galisteu na Unidos da Tijuca. Adriane fez questão de falar sobre a transição do posto. "Não consegui passar a faixa. Foi avisado que eles queriam trocar a rainha. Tudo acertado! E quando soube que era a Graciane fiquei feliz, porque ela é uma personagem que faz falta no carnaval carioca", contou.

Sobre a possibilidade de estar na Mocidade Independente de Padre Miguel, como muita gente tem cogitado, inclusive o cabeleireiro dela, Galisteu desmentiu. "Já recebi alguns convites, mas ano que vem serei Unidos do Vitório, e volto pra Sapucaí no ano que vem", se confundiu Galisteu que logo se corrigiu. "Gente, ano que vem eu viajo com a minha família, então só volto ao carnaval em 2013", completou.

Já um assunto que também foi tratado como tabu, acabou sendo esclarecido pela loira da Band. "Eu não conheço a Xuxa. Como é que eu posso não gostar dela. Eu cantei no programa dela. Eu tinha tipo, 15 anos de idade. O tempo passou. Eu comecei a namorar o Ayrton e aconteceu tudo o que todos já sabem. E eu nunca encontrei com ela. A admiro profissionalmente, mas não tenho nada para dizer nada porque não a conheço. Eu estava ao lado do Ayrton no último ano e meio de vida dele, e a Xuxa não era definitivamente o assunto entre a gente", declarou a apresentadora à Luciana Gimenez.

"Eu achei que o que a Xuxa fez e a família fez não foi bonito. Deixei essa história do Ayrton guardada no meu coração. Eu acho que essa história é minha, eu vivi e tenho todo direito dela. Eu tenho o maior respeito pela família e me dou o direito de responder, claro, não falo por terceiros e por isso fico à vontade", finalizou.



Fonte: Vírgula