Botão no pênis pode "desligar" esperma e evitar gravidez; saiba

Ele pode "desligar" esperma e parece até piada, mas é real.

A cirurgia de vasectomia pode virar coisa do passado se essa invenção alemã for levada a cabo. Trata-se de um interruptor implantado no pênis que pode permitir ou não a passagem de espermatozoides. Isso mesmo, um botão como esses de acender e apagar a luz, mas, ao invés disso, é a fertilidade que é “ligada” ou “desligada”. Entenda a seguir como funciona.

Botão no pênis pode "desligar" esperma e evitar gravidez
Botão no pênis pode "desligar" esperma e evitar gravidez

Anticoncepcional masculino: o que é o botão que impede a gravidez

O Bimek SLV, nome oficial do “interruptor de esperma”, foi desenvolvido pelo inventor alemão Clemens Bimek como uma forma de tornar os homens também responsáveis pela prevenção da gravidez sem que eles tenham que fazer isso de maneira definitiva – como seria em uma vasectomia.

Como funciona

De acordo com informações do site dos desenvolvedores do dispositivo, ele funciona direcionando o fluxo do esperma de volta aos testículos quando ligado. Caso o homem deseje voltar a ser fértil, basta desligá-lo apertando o botão que fica implantado internamente no testículo, mas pode ser sentido externamente através da pele.

Vantagens do método

Além de ser um método reversível, outros pontos positivos seriam se tratar de uma tecnologia completamente livre de hormônios e de um implante que pode ficar no corpo durante toda a vida.

Como é implantado

O Bimek SLV é colocado através de uma cirurgia feita fora do corpo que, de acordo com informações do site do desenvolvedor, dura cerca de 30 minutos e é feita com anestesia local.

Durante a operação o canal espermático é seccionado e tem suas extremidades conectadas ao dispositivo, que fica inicialmente desligado, ou seja, permite a passagem do esperma. A estrutura volta, então, a ser colocada dentro do saco escrotal e o médico sutura o corte. O paciente pode ir para casa logo em seguida.

Depois de quanto tempo passa a funcionar?

A marca informa também que há presença de espermatozoides no fluido ejaculatório por até 3 meses ou 30 ejaculações depois de ligado o dispositivo, e, por isso, o casal deve usar outro método contraceptivo nesse período.

Depois disso, é recomendado consultar um urologista e fazer um espermograma, exame que detecta a quantidade de esperma no sêmen.

Quando chegará ao mercado?

O Bimek SLV ainda não foi oficialmente aprovado e ainda precisa ser testado em seres humanos para determinar com precisão seus efeitos e segurança antes de chegar ao mercado. Existem também outras etapas pelas quais ele precisará passar, como checagens técnicas, certificação da produção, esterilização, entre outros.

O dispositivo fica logo abaixo da pele e o próprio usuário pode ligá-lo ou desligá-lo
O dispositivo fica logo abaixo da pele e o próprio usuário pode ligá-lo ou desligá-lo


Fonte: Bolsademulher