Cientistas trabalham na criação de novo modelo de preservativo que aumenta o prazer durante sexo

Mas uma novidade promete mudar a imagem que muitas pessoas possuem do preservativo.

Muitas pessoas utilizam como desculpa pela não utilização de camisinha no relacionamento sexual, a afirmação de diminuição da sensação de prazer mediante seu uso.

Mas uma novidade promete mudar a imagem que muitas pessoas possuem do preservativo.

Na Austrália, cientistas da Universidade de Wollongong estão desenvolvendo preservativos que irão proteger das doenças sexualmente transmissíveis, da gravidez, além de aumentar a sensação de prazer.

De acordo como o Dr. Robert Gorkin, engenheiro biomédico líder do projeto, as camisinhas de segunda geração não serão confeccionadas com látex. Este será substituído por um tipo de hidrogel, constituído de diversos materiais capazes de trazer um efeito mais realista da pele.

A intenção dos idealizadores do projeto, é que as pessoas realmente se sintam bem com o uso do preservativo, aumentando os níveis de prazer e fazendo com que não hesitem em seu uso. Com isso, espera-se diminuir os incontáveis casos de doenças sexualmente transmissíveis.

Infelizmente, o projeto ainda é recente, tendo apenas nove meses de pesquisas. Portanto, ainda não podemos encontrar os novos preservativos no mercado, mas muitas pessoas estão envolvidas para que logo ele esteja pronto para os interessados.

Fonte: Gadoo