Conheça 11 fatos cruciais e importantes sobre o pênis dele que você precisa saber

Não há osso dentro do pênis. O que o torna duro e ereto é a função gerada por tecidos fibrosos que transportam o sangue para a região

Por mais que você já tenha tido contato íntimo com uma grande quantidade de parceiros, existe uma grande possibilidade de que toda a curiosidade em relação ao pênis não tenha sido saciada. Na verdade, você pode até se achar uma expert, mas existem dúvidas e fatos cruciais que você precisa saber sobre o importante órgão masculino.

Confira alguns deles a seguir:

A dificuldade de ereção pode estar relacionada ao estilo de vida dele. Noites mal dormidas, excesso de peso, falta de exercícios são alguns dos fatores que afetam o bom funcionamento do pênis e não estão diretamente relacionados à excitação sexual.

Não há osso dentro do pênis. O que o torna duro e ereto é a função gerada por tecidos fibrosos que transportam o sangue para a região.

Um pênis circuncisado não altera o prazer da mulher, mas alguns estudos afirmam que homens não circuncisados experimentam uma maior sensibilidade no pênis.

Sêmen é composto de ácido cítrico, aminoácidos, frutose, enzimas e água. Além disso, uma colher de chá de sêmen tem apenas 36 calorias.

Apesar do mito popular, o tamanho dos pés de um homem não tem nenhuma relação cientifica com o tamanho de seu pênis.

Além de mexer com a libido, o cigarro afeta a ereção do homem. Isso porque o tabagismo contrai os vasos sanguíneos, fazendo com que seja mais desafiador o fluxo sanguíneo até o pênis, resultando em uma ereção mais fraca.

Quando estão no útero, os órgãos genitais de meninos e meninas não são tão diferentes até o aumento dos hormônios sexuais masculinos. É por isso que o clitóris e os pênis compartilham terminações nervosas muito semelhantes.

O tamanho do pênis quando flácido nada tem nada a ver com o tamanho que ele pode ficar quando ereto. Alguns estudos, inclusive, apontam que pênis flácidos menores tem um aumento maior no tamanho quando ereto do que pênis flácidos maiores.

Clique aqui e curta o Meionorte.com no Facebook

Fonte: Bolsa de Mulher