Estudo revela que orgasmo vaginal e ponto G não existem, afirmam cientistas

Estudo revela que orgasmo vaginal e ponto G não existem, afirmam cientistas

Orgasmo vaginal e ponto G não existem, dizem cientistas

Encontrar o ponto G sempre foi objetivo da vida de muito homem e mulher. Certamente a busca já rendeu noites em claro, na tentativa de chegar ao ápice do prazer. Mas uma recente pesquisa, publicada no periódico Clinical Anatomy, vai gerar muita frustração. Para os pesquisadores da Universidade de Florença, na Itália, não existem orgasmo vaginal e ponto G.

De acordo com o estudo, os órgãos eréteis da mulher são os responsáveis pelo prazer. Além do clitóris, lábios menores, bulbos e corpo esponjoso da uretra têm íntima relação com o prazer. Essas áreas devem ser estimuladas, mesmo após a ejaculação masculina, para que a mulher consiga chegar ao orgasmo.

Masturbação feminina: 9 passos para chegar ao orgasmo sozinha


- Procure um lugar onde você se sinta à vontade, como o seu quarto ou banheiro.

- Ache uma posição confortável. “Pode ser em pé ou sentada, contanto que a mulher esteja à vontade”, orienta a sexóloga e psicóloga Carla Cecarello.

- Estimule suas zonas erógenas: seios, parte interna da coxa e dos braços, virilha e pescoço.

- Explore a região vaginal e descubra os pontos mais estimulantes.

- No clitóris, faça movimentos circulares ou para cima e para baixo. Você pode usar um ou mais dedos e aumentar a velocidade e pressão conforme for se excitando. Lembre-se que essa região é muito sensível, portanto começar a estimulação com muita força pode machucar.

- Introduza um ou mais dedos na vagina, simulando a penetração ou movimentando-os lá dentro.

- Movimente o corpo todo, e não só os dedos. Mexa quadris, pernas, tronco e, se quiser, vire-se de barriga para baixo, como se estivesse por cima de outra pessoa. Para muitas mulheres, quanto mais realista, mais excitante.

- Procure fechar os olhos e imaginar uma cena erótica. Se preferir, assista a um filme pornográfico ou vídeos na internet.

- É interessante observar sua lubrificação natural e descobrir o que a provoca essa sensação de prazer.

- Lance mão de vibradores e masturbadores. Os bullet, sucesso absoluto entre as mulheres, são ideais para posicionar em cima do clitóris e obter o máximo de estímulo, pois eles têm o poder vibratório muito grande.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Bolsa de Mulher