Oito coisas que você nem imaginava sobre beijar

As mulheres querem beijar antes de chegar às vias de fato

Você pode até não concordar, mas segundo o site Men’s Journal, o beijo pode não ser tão essencial para um casal como muitos acreditam. “Um beijo romântico é mais erótico e representa muito mais uma sensualidade desenvolvida do que apenas uma expressão simples de todos os dias", diz o especialista professor de antropologia, William Jankowiak, à reportagem.


Então, por que beijamos?
De acordo com o site, uma das teorias mais comuns é que o toque boca a boca ajudaria a transferir informações sobre a saúde física entre os envolvidos no beijo. A saliva é capaz de transportar todos os tipos de informações químicas de uma pessoa que, ao trocá-la diretamente, pode fazer com que um avalie inconscientemente o outro. Beijar também pode liberar muitos hormônios que ajudam você a se sentir bem, estreitar o vínculo com o parceiro e deixar com a sensação de “quero mais”.

Beijar não é universal
Pesquisadores analisaram observações acadêmicas de 168 culturas de todo o mundo para avaliar o quão comum beijo romântico ou sexual está entre os seres humanos. Eles descobriram que o beijo romântico-sexual está presente em apenas 46% delas e, em geral, quanto menos complexa a cultura (como a dos caçadores-coletores), menos provável que eles troquem beijos íntimos.

Mais calor, menos beijo
Quanto mais quente o clima, menos evidência há de beijo romântico, enquanto em climas frios, em contrapartida, mesmo as pessoas em sociedades mais simples mostraram alguma relação com o ato. Segundo alguns especialistas, a teoria de que quanto mais o corpo é exposto, nas sociedades de clima quente, menos reverência pode haver ao rosto e boca.

Bons beijadores transam mais
Um estudo da Universidade de Oxford descobriu que as mulheres dão mais importância ao talento ao beijar que os homens quando vão decidir se querem ter sexo com alguém.

Por que bons dentes, hálito e gosto importam
As mulheres têm algumas características físicas que acreditam serem importantes para garantir um bom beijador. De acordo com um estudo entre mil estudantes universitários, as mulheres são mais propensas que os homens a basear as suas avaliações do beijo em sinais químicos, como a respiração e o gosto. Elas também são mais propensas a se preocupar com a aparência dos dentes de seu parceiro.

Para elas, menos é mais
O mesmo estudo que descobriu que as mulheres valorizam o talento oral de seus parceiros também descobriu que os homens são mais propensos a preferir beijos mais molhados com a língua. Para as mulheres que querem melhorar, os homens disseram que também gostam quando sua parceira toma iniciativa de ação com a língua e faz ruídos gemendo.

Parte importante para o sexo
As mulheres querem beijar antes de chegar às vias de fato, revelou o estudo. Enquanto 52% dos homens disseram que pulariam os beijos para ir direto ao sexo, cerca de 85% das mulheres queria beijar o parceiro de forma romântica antes de saltar para a cama com ele. Em geral, as mulheres acham o beijo mais importante, enquanto os homens não.

Beijar é a chave para relacionamentos de longo prazo
Um artigo publicado na revista Archives of Sexual Behavior deixa claro que beijar é uma demonstração significativa para aqueles que vivem em culturas onde o beijo é valorizado. Isto também resulta em maior satisfação no relacionamento em geral. Demonstrações de afeto revelam uma satisfação maior do casal até três meses de avaliados no estudo.

Beijar mal pode terminar um relacionamento
Uma universidade entrevistou 58 homens e 122 mulheres, com a pergunta: "Você já se sentiu atraído por alguém, para descobrir apenas depois de beijá-lo pela primeira vez que não estava mais interessado?”. No total, 59% dos homens e 66% das mulheres responderam "sim". Isso pode ter a ver com a técnica, mas a informação química trocada também pode desempenhar um papel importante, como dito.

Fonte: Com informações do Bolsa de Mulher