Saiba quais as cinco ocasiões que você não deve fazer sexo

Conheça algumas situações em que a transa pode ser evitada.

Normalmente somos bombardeados por informações e conselhos de que devemos sempre fazer mais e mais sexo. A prática, além de prazerosa, claro, traz benefícios para a saúde, mas saiba que, quando ela passa a ser encarada como dever e obrigação, perde grande parte de sua graça. Conheça algumas situações em que a transa pode ser evitada sem qualquer constrangimento ou culpa:

Motivos para deixar de fazer sexo

1. A mulher não deve insistir no sexo caso sinta dores na região íntima. Ignorar o fato pode piorar uma condição de saúde que já deve estar se manifestando por meio do incômodo. Incialmente, o uso de um bom lubrificante pode evitar o desconforto, mas se os sintomas persistirem, uma visita ao ginecologista deve ser agendada.

2. Se a mulher ou o homem sente algum tipo de incômodo, coceira, odor diferente, inchaço ou outra característica visível e incomum na região íntima, deve também evitar o sexo e procurar um médico para realizar exames que podem indicar alguma doença sexualmente transmissível.

3. Em situações de constipação intestinal grave, o ato sexual pode ser bastante incômodo para a mulher. Evitar transar até que a condição melhore é o mais indicado.

4. Por mais que você esteja em um relacionamento estável, o uso de preservativos na hora do sexo é indicado para evitar desde simples infecções até doenças sexualmente transmissíveis. Portanto, se está sem camisinha por perto, adie o momento de maior intimidade.

5. Por fim, o sexo deve ser evitado se é considerado apenas uma tarefa a ser cumprida no dia. Encarar a transa como uma obrigação ou dever para, por exemplo, agradar o parceiro, faz com que o momento de prazer e celebração se transforme em algo desagradável e incômodo.

Saiba quais são as ocasiões e os motivos (Crédito: Reprodução)
Saiba quais são as ocasiões e os motivos (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do vix