"Sou fã de sexo anal", diz ex-Malandrinha

A modelo disse ainda que já transou em uma montanha russa

Quando bate a vontade, nada impede a ex-Malandrinha Chintia Santos, 25 anos, de saciar o tesão e experimentar lugares inusitados para uma transa. A estrela do pornô Moto Sex Girls, da produtora Brasileirinhas, conta que já curtiu uma rapidinha em um parque de diversões. "Já transei até em uma montanha-russa em movimento. A foto que eles tiram dentro do brinquedo, inclusive, me pegou no flagra", relembra.



E espírito de aventura é o que não falta para a loira. "Também já transei em cima de uma moto em movimento. Eu fui na frente, pilotando", conta Chintia. Quando o desejo se torna insaciável, a gata faz a festa de voyeurs e adeptos. "Já encostei um cara em um ônibus parado no meio da rua, levantei a minha saia e transei com ele ali mesmo", conta ela, que também já se deliciou de prazer no meio do mato, em plena luz do dia.

Fã de sexo anal, Chintia confessa que topou a experiência a pedido do namorado. Mas, desde então, ela sente tanto tesão com a prática quanto em levar alguns tapas na hora da pegação. "Vale tapa leve no rosto e no bumbum. E também gosto de bater", comenta. Quando está sozinha, a atriz diz se divertir com seus brinquedinhos eróticos e delira de prazer com um vibrador e seus plugs anais.

A ex-Malandrinha, que se garante safada entre quatro paredes, só dá prazer ao homem depois de receber. "Não faço oral no cara que não fizer em mim. E homem tem de saber satisfazer uma mulher, tem de caprichar nas preliminares", ensina. E as mulheres também devem se empenhar. "Curto transar com mulheres, tenho orgasmos do mesmo jeito", comenta.

Para quem pensa que um filme pornô são só cenas ensaiadas, Chintia solta o verbo. "Sexo em um pornô é profissional sim, mas não dá para negar que rola tesão. Eu, por exemplo, já tive orgasmos em gravações", finaliza.

Fonte: Terra, www.terra.com.br