Tema de filme, Bruna Surfistinha se arrepende de pornô

Raquel Pacheco, 24, não imaginava ganhar um filme sobre sua vida tão cedo

Raquel Pacheco, 24, não imaginava ganhar um filme sobre sua vida tão cedo --isso alguns anos após ela própria ter gravado um pornô, com cachê de R$ 500. Quatro anos depois do lançamento do best-seller "O Doce Veneno do Escorpião", a história da ex-prostituta Bruna Surfistinha, como é conhecida, vai ganhar uma versão para os cinemas estrelado pela global Deborah Secco.

No videocast a seguir, a ex-prostituta fala sobre a escolha da atriz, a distância de sua família e, claro, prostituição.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br