Veja perguntas e respostas sobre sexo oral que todos devem saber

Muitas pessoas se sentem intimidados sobre o assunto.

Muitas pessoas sentem dúvidas sobre sexo oral (Crédito: Reprodução)
Muitas pessoas sentem dúvidas sobre sexo oral (Crédito: Reprodução)


Apesar de bastante comum, prazerosa e presente na vida dos casais, a prática do sexo oral ainda desperta muitas dúvidas e pode confundir mulheres que se apoiam em mitos e acabam desconhecendo mitos e verdades sobre o ato. Conheça 11 coisas que você tem medo de perguntar sobre sexo oral:

1. Sexo oral é considerado sexo?

A polêmica não tem uma conclusão por variar de acordo com a opinião e a concepção de cada um em relação ao que pode ser considerado um ato sexual. Muitos afirmam que não e acreditam que o sexo oral é apenas uma preliminar e, por não haver penetração, é menos intimista do que o sexo vaginal ou anal. Outros, não encontram diferença entre posições e não têm dúvidas de que o sexo oral pode sim ser considerado sexo de fato.

2. É possível engravidar durante o sexo oral?

A relação, apesar de não oferecer chances de engravidar, ainda deve ser praticada com camisinha. O contato entre boca e pênis e boca e vagina oferece riscos de doenças sexualmente transmissíveis, incluindo a aids.

3. Preciso usar camisinha durante o sexo oral?

Sim. A camisinha ainda é a melhor forma de prevenir doenças para a mulher que pratica sexo oral no parceiro. Vale lembrar que o preservativo deve ser colocado no pênis logo no início da relação sexual e não somente na hora da ejaculação. O homem também precisa de proteção quando vai praticar sexo oral na companheira. Uma solução simples é usar papel filme ou mesmo um preservativo masculino recortado e posicionar sobre a vagina.

4. Engolir o sêmen do parceiro faz mal para a saúde?

Engolir o sêmen durante o sexo oral não é recomendável, já que ele pode ser um meio de transmissão de herpes, clamídia, diversas doenças sexualmente transmissíveis e até mesmo o vírus da aids.

5. Posso pedir para que meu parceiro faça sexo oral em mim?

Você não somente pode como deve pedir para que seu parceiro faça sexo oral em você. Afinal, nada como um bom carinho com a boca para ajudar você a ficar mais lubrificada, excitada e completamente no clima para a penetração. Se durante a transa você se sentir intimidada a falar sobre o assunto, faça o parceiro compreender o que você deseja através dos seus movimentos, levando a cabeça dele até sua região íntima, por exemplo.

6. É normal engasgar ou ter enjoo durante o sexo oral?

Quando o pênis penetra demais na boca da parceira, acaba tocando uma glândula que temos no final da garganta, que aciona o enjoo. Apesar de não causar machucados, a prática pode ser desconfortável para a mulher. É importante, portanto, conhecer seu próprio limite para a prática.

7. É normal não sentir prazer durante o sexo oral?

Sim. A falta de prazer durante a prática pode ser desde uma preferência sexual até um bloqueio psicológico. Se a questão deixa a mulher aflita, vale consultar um terapeuta para investigar o caso.

8. O sabor do esperma varia de acordo com o homem?

Sim. Determinada dieta ou tipo de alimentação pode fazer com que o esperma de um homem tenha gosto forte demais, suave ou mais adocicado.

Fonte: Bolsa de Mulher