Advogados de Michael Jackson endurecem com supostos credores

Desde a morte de Jackson, não param de aparecer credores do pop star

Os administradores do patrimônio de Michael Jackson começaram a endurecer com aqueles que alegam que o rei do pop lhes devia dinheiro.

Desde a morte de Jackson, não param de aparecer credores do pop star, mas os administradores passaram a contestar a maior parte das alegações.

Até o momento, sete ações foram rejeitadas, inclusive uma de US$ 300 milhões.

Os advogados de Michael já rejeitaram a ação da Allgood Entertainment, que queria indenização pela não realização de um concerto da família Jackson, que foi cancelado quando o rei do pop assinou contrato para apresentar 50 shows em Londres, que não chegaram a se realizar.

Outro processo a ser rejeitado pelos advogados de Jackson foi movido por José Freddie Vallejos, cidadão de Los Angeles, que entrou com pedido junto ao estado para que o patrimônio pagasse pelo custoso funeral de Jackson e não os cofres públicos.

Nona Paris Lola Ankhesenamun Jackson, que alega ter sido casada com Michael, também teve negado seu pedido de pensão por falta de provas.

Fonte: OFuxico